Edifícios de comércio e serviços terão de ter postos de carregamento até 2024

Ministério do Ambiente vai impor alterações na construção de instalações para acelerar aplicação da mobilidade elétrica em Portugal.

Os edifícios novos ou sujeitos a grandes renovações na área do comércio e serviços vão ser obrigados a ter postos de carregamento para carros elétricos até ao final de 2024. O Governo também vai estabelecer novos requisitos à conceção ou renovação de instalações para melhorar o desempenho energético.

Segundo o jornal Público desta quarta-feira, todos os edifícios com mais de 20 lugares de estacionamento terão de instalar dois postos de carregamentos nas suas instalações. Mas haverá algumas exceções: instalações industriais, pecuárias ou agrícolas não residenciais; locais de culto, como igrejas, sinagogas, mesquitas e templos; armazéns sem presença humana por mais de duas horas por dia e os edifícios classificados ou em vias de classificação.

O Ministério do Ambiente, desta forma, dá seguimento à proposta do Programa de Governo, de "estimular a regulamentação municipal de critérios de obrigatoriedade de instalação de postos de carregamento em zonas residenciais e comerciais, bem como em outros polos atratores de mobilidade".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de