EDP Renováveis chega a acordo para vender energia à farmacêutica MSD

Empresa de energias limpas vai vender à MSD, durante 15 anos, energia limpa produzida por um projecto eólico com 40 MW, localizado em Espanha.

A EDP Renováveis chegou a acordo para vender energia à farmacêutica MSD durante uma década e meia. "A EDP - Energias de Portugal, S.A. ("EDP"), através da sua subsidiária EDP Renováveis, S.A. ("EDPR") detida em 74,98%, assegurou um Contrato de Aquisição de Energia ("CAE") a 15 anos com a MSD (nome comercial da Merck & Co., Inc., N.J., USA), uma das maiores farmacêuticas do mundo, para a venda da energia limpa produzida por um projecto eólico com 40 MW em Espanha, evitando emissões anuais estimadas em mais de 50 mil toneladas de CO2", explica a companhia em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a informação disponível na página do regulador do mercado de capitais, o "projecto localiza-se em Albacete e deverá entrar em operação em 2023".

Com este novo negócio, a EDP conta agora com "0,4 GW de capacidade assegurada em Espanha que entrará em operação a partir de 2021".

"O sucesso da EDP em assegurar novos CAEs reforça a sua estratégia de crescimento baseada no desenvolvimento de projectos competitivos e com perfil de baixo-risco que fomentam a aceleração da transição energética e a descarbonização da economia", diz ainda a empresa.

No início deste mês, a empresa de energias limpas comunicou ao mercado que chegou a acordo com a GreenCoast Capital para vender uma participação de 55% num portefólio eólico nos EUA que inclui os parques Bright Stalk e Harvest Ridge, em Illinois, anunciou a empresa.

A operação, indicava na altura, pode alargar-se até aos 80% da participação, com acordo entre as partes, e que os ativos estão avaliados num total de 720 milhões de dólares (606,4 milhões de euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de