Renováveis

EDP Renováveis vende ativos eólicos nos Estados Unidos

(DR)
(DR)

A empresa fechou a venda de três parques eólicos. O valor implícito do negócio é de cerca de 750 milhões de euros.

A EDP Renováveis (EDPR) anunciou hoje que concluiu um acordo com a Axium Infrastructure para a venda de 80% do capital de um portefólio, detido na totalidade pela EDPR, de ativos eólicos nos Estados Unidos e Canadá.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliário (CMVM), a EDPR adianta que o “portefólio totaliza 499 MW [megawatts] e compreende três parques eólicos”, o Meadow Lake VI, de 200 MW, no estado de Indiana, em operação desde dezembro deste ano, o Prairie Queen, de 199 MW, (Kansas), que entra em funcionamento no primeiro semestre de 2019 e o Nation Rise, de 100 MW, em Ontário, Canadá, que estará a funcionar no último trimestre do próximo ano.

Para o projeto Nation Rise, “a EDPR concluiu a venda de uma participação de 75% com os restantes 5% a serem concluídos no CoD [data esperada de entrada em operação] do projeto”.

Segundo a EDPR, “com base no preço de transação e no passivo económico esperado (‘tax equity e project finance’) aquando da conclusão dos projetos, o valor total implícito do ‘entreprise value’ [valor], para 100% dos ativos, ascende a 860 milhões de dólares [751 milhões de euros, à taxa de câmbio atual], o que representa um múltiplo total unitário implícito de 1,72 milhões de dólares/MW”.

A operação, hoje anunciada, “faz parte da estratégica de ‘sell down’ da EDPR pela qual a empresa vende participações maioritárias em projetos em operação ou em desenvolvimento”, adianta a EDP Renováveis.

“Esta estratégia permite à EDPR reciclar capital, com cristalização antecipada do fluxo de caixa, e criar valor reinvestindo os lucros em crescimento adicional, continuando a prestar serviços operacionais e de manutenção”, concluiu a empresa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Angela Merkel e Donald Trump. Fotografia: REUTERS/Kevin Lamarque

FMI corta crescimento da Alemanha, mas Espanha ainda compensa

Outros conteúdos GMG
EDP Renováveis vende ativos eólicos nos Estados Unidos