EDP vende ativos no Brasil por 210 milhões de euros

Negócio "enquadra-se na estratégia de rotação de ativos na atividade de transmissão no Brasil, definida no plano de negócios 2021-2025", segundo nota do grupo EDP.

O grupo EDP alienou três lotes no Brasil à Actis Assessoria Investimentos por 1.329 milhões de reais (210 milhões de euros), de acordo com a nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta terça-feira.

Em causa está um portfólio de transmissão de energia da EDP Brasil - a EDP Transmissão S.A. (Lote 24), a EDP Maranhão I S.A. (Lote 7) e a EDP Maranhão II S.A. (Lote 11) - que representam uma rede de 439 quilómetros de extensão e uma receita anual de 131 milhões de reais.

A operação está, agora, sujeita às aprovações regulatórias necessárias, no Brasil. O grupo EDP adiantou, ainda, que o negócio "enquadra-se na estratégia de rotação de ativos na atividade de transmissão no Brasil, definida no plano de negócios 2021-2025, da qual faz parte também o recente acordo para a aquisição da CELG-T". A Celg Transmissão S.A. (CELG-T) foi adquirida pela EDP Brasil a 14 de outubro, após o leilão público que determinou a aquisição de 100% do capital da empresa por 1.977 milhões de reais (309 milhões de euros).

A EDP Brasil é liderada por João Marques da Cruz. Numa nota enviada à redação, o gestor realçou que a operação permite "cristalizar valor" destes ativos, "cumprindo uma meta prioritária da estratégia definida para o ano de 2021".

"Com esta venda e a compra da CELG-T, que ocorreu no último dia 14, aumentamos a presença no negócio de transmissão, o qual apresenta um menor risco setorial, e criamos valor adicional para os nossos acionistas", argumentou João Marques da Cruz, CEO da EDP Brasil.

O negócio da venda dos três lotes ocorreu através de um processo competitivo e "está alinhado com a estratégia da companhia de rotação de ativos". Com este negócio, o grupo EDP passa a contar com oito empreendimentos de transmissão no seu portfólio, no Brasil. Assim que estiverem operacionais representarão uma rede de 2.241 quilómetros e aproximadamente 108 milhões de euros de receita anual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de