transportes

Efacec ganha contrato de 25 milhões na Suécia

Ângelo Ramalho, presidente executivo da Efacec. (Filipe Amorim / Global Imagens)
Ângelo Ramalho, presidente executivo da Efacec. (Filipe Amorim / Global Imagens)

Empresa portuguesa vai gerir sistemas automáticos de passagens de nível na Suécia. Contrato é válido por cinco anos e pode ser renovável até 30 anos.

A Efacec conquistou um dos maiores contratos de sempre de passagens de nível na Europa. Pelo menos nos próximos cinco anos, a empresa portuguesa vai desenvolver, certificar e fornecer os sistemas automáticos de proteção de passagens de nível da Suécia. Esta operação vale pelo menos 25 milhões de euros à empresa liderada por Ângelo Ramalho – cinco milhões de euros por ano – de acordo com o anúncio feito esta segunda-feira.

“Este negócio revela a capacidade competitiva da Efacec superar desafios colocados por concursos internacionais exigentes, posicionando-a como uma empresa fortemente vocacionada para a conceção, desenvolvimento e implementação de tecnologias inovadoras, consolidando a sua aposta estratégica em mercados exigentes”, salienta Ângelo Ramalho, citado em comunicado.

A empresa portuguesa vai utilizar a solução XSafe, solução automatizada de segurança para passagens de nível que pode ser vista ao longo de toda a rede ferroviária nacional. Na Suécia, a Efacec conta com um parceiro local, a Trafikverket, e vai instalar, em média, um sistema de proteção de passagens de nível por semana. O contrato na Suécia é válido por cinco anos e é renovável até 30 anos.

Exemplo de sistema automático de passagem de nível da Efacec.

Exemplo de sistema automático de passagem de nível da Efacec.

A Efacec conquistou o primeiro contrato da unidade de negócios de Transportes na Suécia e afirma que está a consolidar “com uma perspetiva a longo prazo, a sua posição na Escandinávia, passando a ter operações na Dinamarca, Noruega e Suécia”.

Os transportes representam uma parte do negócio da Efacec, que também tem apostado em sectores como a energia, ambiente e indústria; de salientar ainda o desenvolvimento e comercialização de mobilidade elétrica. Com esta variedade de negócios, o grupo Efacec está presente em mercados como a Europa, os Estados Unidos da América, a América Latina, Ásia, Médio Oriente, Magrebe e África do Sul

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do conselho de administração executivo da EDP, António Mexia, fala perante a Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade, na Assembleia da República em Lisboa, 26 fevereiro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Novos presidentes interinos da EDP e EDP Renováveis revelados ainda hoje

Sede da EDP 
(Gerardo Santos / Global Imagens)

CMVM suspende negociação da EDP e da EDP renováveis

Fotografia: D.R.

ISEG estima queda entre 15% e 20% do PIB no segundo trimestre

Efacec ganha contrato de 25 milhões na Suécia