Coronavírus

El Corte Inglés reabre e levanta lay-off dos trabalhadores

El Corte Inglés. Fotografia: D.R.
El Corte Inglés. Fotografia: D.R.

Abertura representa o regresso ao trabalho a 100% de cerca de 1500 trabalhadores que em abril foram abrangidos pelo lay-off.

O El Corte Inglés começa a reabrir aos grandes armazéns em Gaia já sexta-feira e em Lisboa a 1 de junho, tendo levantado o lay-off aos mais de mil trabalhadores abrangidos por esta medida, com exceção dos colaboradores de risco, uma “percentagem residual”, diz a companhia ao Dinheiro Vivo.

“Este dia vai ser o mais emocionante desde a nossa inauguração em Portugal, primeiro estávamos na expectativa de conhecer os nossos clientes, agora, estamos com vontade de os voltar a receber e com saudades de os atender pessoalmente. Sempre nos distinguimos pelo serviço personalizado, por isso, mesmo estando a funcionar online, nada substitui os olhos nos olhos. E nada, nem a máscara, nem as distâncias que devemos cumprir nos poderão impedir o nosso sorriso”, diz Enrique Hidalgo, diretor do El Corte Inglés em Portugal, citado em nota de imprensa.

Depois de mais de dois meses apenas algumas áreas específicas dos grandes armazéns e os supermercados se mantiveram abertos ao público, tendo a companhia no início de abril, com a declaração do segundo Estado de Emergência, aderido ao regime de lay off simplificado abrangendo cerca de 1500 colaboradores, cerca de metade do pessoal. Em Portugal o grupo tem cerca de 3100 colaboradores.

“O lay-off vai ser levantado a todos os colaboradores, exceto uma percentagem residual, que são os colaboradores de risco, tal como é definido pela Direção-Geral de Saúde”, diz fonte oficial ao Dinheiro Vivo.

Reabrem agora mais de 200 departamentos e milhares de marcas nacionais e internacionais de moda, acessórios, casa e decoração, eletrónica e eletrodomésticos, alimentação, gourmet, desporto, cultura e lazer.

Os horários retomam ao habitual. “Os Grandes Armazéns de Lisboa estarão abertos das 10h às 22h, todos os dias, exceto às sextas e sábados, em que se manterão abertos até às 23h30 e aos domingos em que encerram às 20h. Em Gaia, o horário começa também às 10h e estende-se todos os dias até às 23h, exceto aos domingos em que também encerra às 20h”, informa o El Corte Inglés.

“Em todos os supermercados continuará a haver aberturas antecipadas para permitir o atendimento privilegiado a pessoas mais velhas, profissionais de saúde e forças de segurança.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

El Corte Inglés reabre e levanta lay-off dos trabalhadores