Empresa de apoio a espectadores pede insolvência da SAD do Sporting

Godinho este no cargo menos de dois anos
Godinho este no cargo menos de dois anos

A Care, empresa de apoio a espectadores,
interpôs sexta-feira uma “ação especial de insolvência”
da SAD de futebol do Sporting por dívidas no valor de 390 mil euros,
segundo confirmou à Agência Lusa o advogado João Camacho.

“A Care — controle, apoio,
receção e encaminhamento de pessoas SA, minha cliente, é credora
daquelas quantias. O Sporting, ao longo de vários anos, não se
disponibilizou a fazer o pagamento daquilo que está em dívida e,
agora, optámos por isto. O Sporting há de reagir após a
notificação, seja judicial ou extrajudicialmente, com uma tentativa
de acordo, por exemplo”, afirmou o jurista.

Contudo, fonte oficial do clube
lisboeta disse à Lusa que “o Sporting está completamente
tranquilo porque não deve um cêntimo a essa empresa”,
clarificando ainda não ter havido, até ao momento, qualquer
notificação formal.

João Camacho adiantou que estão em
causa “19 faturas vencidas, com datas entre maio de 2008 e
setembro de 2010”, ou seja, durante os mandatos de Filipe Soares
Franco e José Eduardo Bettencourt, no processo que corre agora no
Tribunal do Comércio de Lisboa.

“Em última análise, se o
tribunal considerar que estão reunidos os pressupostos legais, pode
ser declarada a insolvência, claro. Depois, nessa eventualidade, a
empresa pode entrar em processo de recuperação ou não. Por
exemplo, seria nomeado um administrador de insolvência, etc…”,
concluiu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Centeno diz que abrandamento da economia esconde muitas coisas boas

Cristina Casalinho, presidente do IGCP

Portugal paga menos de 2% na última emissão de dívida do ano

Terminal (Naviport) do Porto de Setúbal com milhares de carros da Autoeuropa que estão bloqueados esta semana com a paralisação dos estivadores do Porto de Setúbal.
(A-gosto.com/Global Imagens).

Autoeuropa tem 5000 carros parados no porto de Setúbal

Outros conteúdos GMG
Empresa de apoio a espectadores pede insolvência da SAD do Sporting