Empresa japonesa Marubeni abre filial em Portugal

Desde 2013, a Marubeni investiu em Portugal mais de 400 milhões de euros nas áreas da energia, águas e distribuição de gás.

A empresa japonesa Marubeni vai celebrar na próxima terça-feira, com uma cerimónia oficial, a abertura da nova filial em Lisboa. A cerimónia terá lugar no Hotel Ritz, em Lisboa, e estarão presentes o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, o CEO da Marubeni, Fumiya Kokubu, o Embaixador do Japão em Portugal, Hiroshi Azuma, e o Presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Castro Henriques.

Desde 2013, a Marubeni investiu em Portugal mais de 400 milhões de euros nas áreas da energia, águas e distribuição de gás. A multinacional japonesa detém atualmente 19% da produção de energia elétrica em Portugal e a distribuição das águas em 14 municípios, entre os quais Cascais, Setúbal, Gondomar e Tavira.

"Estamos muito felizes com o progresso da nossa estratégia de investimentos em Portugal. Com o estabelecimento de uma filial em Lisboa e trabalhando com os nossos parceiros portugueses, queremos contribuir para o aprofundar das relações entre Portugal e o Japão”, afirma o CEO, Fumiya Kokubu, em comunicado enviado às redações.

A aposta da multinacional em Portugal é, de acordo com o presidente da AICEP, "um bom exemplo da crescente atratividade e das qualidades únicas do nosso país enquanto destino de investimento estrangeiro". A Marubeni está a desenvolver parcerias com outras empresas portuguesas para expandir as operações em Portugal e nos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, nomeadamente Brasil, Angola e Moçambique.

Portugal é visto como "plataforma estratégica" pela multinacional japonesa, "ligando a Europa às Américas e à África" e "sendo uma boa porta de entrada para a União Europeia", refere o mesmo comunicado.

Recorde-se que a Marubeni comprou, em 2013, 50% dos ativos em energias renováveis e termais do GDF Suez of France, agora ENGIE, e que, no ano seguinte, adquiriu, com a Innovation Network Corporation of Japan, a Administração e Gestão de Sistemas de Salubridade (AGS). Em 2016 adquiriu, com a Toho Gas, 22,5% de acções da Galp Galp Gás Natural Distribuição, subsidiária de distribuição de gás da Galp Energia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de