Moçambique

Empresas amigas do Parque Nacional da Gorongosa sobem para 25

Fotografia: Grant Lee Neuenburg / Reuters
Fotografia: Grant Lee Neuenburg / Reuters

O número dos membros do Clube Empresarial da Gorongosa passou hoje para 25, na sequência de um memorando.

O número dos membros do Clube Empresarial da Gorongosa passou hoje para 25, na sequência de um memorando assinado entre o Parque Nacional da Gorongosa (PNG), o maior santuário da vida selvagem de Moçambique, e o Barclays Bank.

Na ocasião, o administrador-delegado do Barclays Bank, Rui Barros, anunciou que a sua instituição vai disponibilizar 125 mil dólares (106 mil euros) para as atividades do PNG.

“É sem dúvida uma responsabilidade apoiar, de uma forma sustentável e próxima, o parque, queremos dar as mãos e seguir de uma forma conjunta, partilhando os mesmos valores de preservação e sustentabilidade da fauna e apoiando as comunidades”, declarou Rui Barros.

Por seu turno, o administrador do PNG, Mateus Mutemba, enalteceu o envolvimento do setor empresarial no apoio àquele local, assinalando que, em 2018, a ajuda perfez 6% dos cerca de sete milhões de dólares (5,8 milhões de euros) do orçamento do parque.

“Estas contribuições têm estado a ser direcionadas para áreas de investigação nas populações de leões e de elefantes existentes no parque e no santuário da fauna bravia, e para áreas sociais, em crianças vulneráveis e raparigas”, afirmou Mateus Muthemba.

Depois de décadas de abandono, devido à guerra civil de 16 anos e que terminou em 1992 em Moçambique, o PNG tem nos últimos anos conhecido um movimento de repovoamento de animais que estavam extintos, nomeadamente leões e elefantes.

O parque está igualmente a afirmar-se como um polo de investigação científica da vida animal, atraindo pesquisadores de várias partes do mundo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Défice recua à boleia de crescimento da receita e estabiliação da despesa

Terminou nesta sexta-feira o prazo para a entrega de propostas de compra do Novo Banco

Pimco aceita oferta do Novo Banco

Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens

Portugueses são os que mais querem poupar para enfrentar futuras crises

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Empresas amigas do Parque Nacional da Gorongosa sobem para 25