Empresas estrangeiras pagam mais 400 euros aos trabalhadores

O contributo das filiais estrangeiras em Portugal para a economia atingiu "25,4 mil milhões de euros, aumentando 10,4% em 2019, acima do crescimento observado nas sociedades nacionais", que melhorou 4,3%.

As multinacionais pagam em média mais 398 euros por mês aos seus trabalhadores do que as empresas portuguesas.

Em média, as empresas estrangeiras que operam em Portugal pagaram uma remuneração mensal de 1.401 euros aos trabalhadores, contra 1.003 euros pagos pelas empresas nacionais, segundo o relatório sobre 'Estatísticas da Globalização' divulgado esta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"Em 2019 existiam 8.275 filiais de empresas estrangeiras em Portugal que empregavam cerca de 553 mil pessoas, representando, respetivamente, 1,9% e 17,0% do total das sociedades não financeiras. Registe-se, contudo, que entre as grandes empresas, as filiais estrangeiras representaram quase 40% do total desta categoria e 43% do pessoal ao serviço", adianta o mesmo relatório.

"Em termos médios, cada filial empregava 67 pessoas, em 2019, valor muito superior ao das sociedades nacionais ", frisa.

O Valor Acrescentado Bruto (VAB) das filiais estrangeiras em Portugal atingiu "25,4 mil milhões de euros, aumentando 10,4% em 2019, acima do crescimento observado nas sociedades nacionais ".

Em 2019, o riqueza criada pelas filiais estrangeiras correspondeu a 26,3% do total do setor empresarial. No mesmo ano, o peso destas empresas no total das exportações de bens ascendeu a 39,9%, diz o INE.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de