Endesa consolida-se como 2.º operador em Portugal e alcança 500.000 clientes

A empresa espanhola tem uma quota global no mercado nacional de 17%, sendo que lidera no segmento dos grandes consumidores, com uma quota de 24,8%

A Endesa anunciou, esta sexta-feira, que se consolidou como o segundo operador em Portugal e que continua a aumentar as suas quotas de mercado, tanto em eletricidade como no gás natural.

Recentemente, a companhia atingiu 500.000 clientes em Portugal, considerando particulares e empresas, diz o operador em comunicado, baseando-se nos dados do boletim mensal da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), de setembro, sobre o Mercado Liberalizado de Eletricidade que apontam para uma quota de mercado de 24,8%.

No consumo global de eletricidade, a Endesa mantém a segunda posição com 17%. No gás natural, também, com 12% de quota.

"As vendas aumentaram 49% comparativamente a 2019, o que significa um incremento de mais de 70 mil contratos num só ano, conseguido através de um crescimento orgânico, algo que nenhuma outra comercializadora energética conseguiu no mercado ibérico. A nossa estratégia em Portugal baseia-se na Transparência, a Inovação e a Sustentabilidade. O objetivo de Endesa é dar ao consumidor residencial um fornecedor de energia que ofereça um serviço de qualidade com preços justos. Uma companhia mais pequena, ágil e transparente. Mas, com o respaldo de solidez e solvência do Grupo Endesa, líder no mercado ibérico, e da Enel que é a primeira utility de Europa", destaca o diretor-geral da Endesa em Portugal, Nuno Ribeiro da Silva.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de