Espanha anuncia ajuda de 11 mil milhões de euros para hotelaria e turismo

O presidente do governo espanhol revelou esta quarta-feira que esta verba vai ter como destino, as empresas, PME e trabalhadores que atuem na área do turismo, hotelaria e restauração.

O turismo é um dos motores da economia espanhola e, depois de quase um ano de pandemia, Madrid decidiu desbloquear uma bazuca de 11 mil milhões de euros para apoiar e reforçar as atividades económicas ligadas ao turismo.

O produto interno bruto (PIB) de Espanha contraiu cerca de 11%, tendo o segundo e terceiro trimestre do ano passado de quebras acentuadas da economia devido à forte quebra do turismo, muito centrado no segmento de sol e praia. Para impulsionar as empresas ligadas a este setor o presidente do governo, Pedro Sánchez, anunciou um pacote de 11 mil milhões de euros para "empresas, PME e trabalhadores independentes", de acordo com o El País. O líder espanhol acrescentou que este pacote se destina aos setores do "turismo, hotelaria e restauração".

"Não queremos apenas salvar empresas, mas também reforçá-las", garantiu. "11 mil milhões de euros para reforçar a solvência dos seus balanços, e que podem assim retomar a sua atividade, fazer os investimentos necessários e contratar os trabalhadores necessários para iniciar plenamente a recuperação económica", acrescentou Pedro Sánchez.

Este pacote de ajuda anunciado por Madrid surge depois de semanas em que era especulado que apoios iam ser dados aos setores mais afetados pela pandemia, como o turismo, hotelaria e comércio.

Em 2020, a Espanha acolheu 18,96 milhões de turistas estrangeiros, foram quase 65 milhões de pessoas a menos que em 2019. As receitas turísticas ascenderam a 19,7 mil milhões de euros no ano passado, uma quebra de 78,52% face a 2019, ou seja 91,9 mil milhões de euros a menos que no ano anterior.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de