Hotelaria

Espanhola NH vai gerir hotéis Tivoli depois de aquisição pela Minor

Ramón Aragonés, presidente executivo do NH Hoteles.
Ramón Aragonés, presidente executivo do NH Hoteles.

Em Portugal, a marca Tivoli tem até à data 11 hotéis, aos quais soma dois no Brasil e três no Qatar.

A espanhola NH Hoteles, que foi adquirida recentemente pela Minor, irá ficar com a gestão dos hotéis Tivoli, em Portugal, que foram também comprados pelo grupo tailandês.

Citado pela agência EFE, o presidente executivo da empresa, Ramón Aragonês, anunciou a estratégia para as unidades portuguesas, que marcam a entrada da NH num segmento mais virado para férias, durante a Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur).

O grupo Minor comprou os hotéis Tivoli em 2016, depois do colapso do Grupo Espírito Santo, em cujo universo estavam integrados, e tem investido muitos milhões de euros na cadeia portuguesa. Nessa altura, o grupo referia que queria expandir a marca para novas áreas de operação, como o Médio Oriente, África e Ásia, segundo o presidente executivo da empresa tailandesa, Dillip Rajakarier.

“Queremos levar a marca [Tivoli] para fora de Portugal. Tem muito potencial para estar em África, Médio Oriente e Ásia. Queremos fazer da Tivoli uma marca global em cinco anos”, afirmou o responsável do grupo tailandês, depois da conclusão da aquisição do portefólio Tivoli, composto por 14 unidades hoteleiras.

Leia também: Grupo Minor expande rede de hotéis Tivoli para a Ásia

A empresa adquiriu os 12 hotéis em Portugal e dois no Brasil, por 294,2 milhões de euros, operação realizada no âmbito de um Processo Especial de Revitalização (PER).

Em outubro do ano passado, o grupo tailandês concluiu com sucesso a oferta pública de aquisição de ações (47,6%) da espanhola NH Hotel Group, que em Portugal tem duas unidades, em Lisboa e no Porto. A Minor, que já controlava 46,376% do capital NH Hotel Group passou assim a deter 94,5% do grupo de hotelaria espanhol, num investimento total de 2,327 mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

Espanhola NH vai gerir hotéis Tivoli depois de aquisição pela Minor