Espírito Santo Saúde avança com IPO para entrar em bolsa

ng3105654

Depois de anunciar a possibilidade de vender parte ou a totalidade do negócio da Saúde em dezembro, o grupo Espírito Santo confirmou hoje que pretende avançar com a dispersão em
bolsa de até 49% do capital da Espírito Santo Saúde.

Em comunicado à CMVM (leia aqui), a presidente da Espírito Santo Saúde, Isabel Vaz, explica que
“desde a sua fundação em 2000, a ES Saúde construiu um
historial de crescimento, sobretudo orgânico, mas também através
de expansão por aquisições em Portugal, tornando-se num dos
maiores operadores do mercado de saúde privado. O IPO da ES Saúde
constitui um marco importante na história da empresa ao trazer uma
visibilidade acrescida sobre a qualidade dos seus ativos e modelo de
gestão, bem como maior flexibilidade financeira para prosseguir a
sua estratégia de crescimento.”

Leia também: Espírito Santo Saúde contabiliza 18
mil doentes estrangeiros, que valeram 13 milhões este ano

É assim oficializado, no documento, o IPO (oferta pública
inicial): “A Espírito Santo Saúde, operador de saúde privado
português de referência, anuncia hoje a intenção de avançar com
uma oferta pública inicial, que incluirá um aumento de capital da
Empresa e a admissão à negociação das suas ações na Euronext
Lisbon (o IPO). A operação terá como assessores financeiros o
Espírito Santo Investment Banking e o Credit Suisse.

Segundo o comunicado, “o Credit Suisse e o Espírito Santo
Investment Bank (que pertence ao mesmo Grupo Financeiro de alguns
acionistas da Empresa) atuam como Joint Global Coordinators e Joint
Bookrunners da Oferta Institucional. O Crédit Agricole CIB actua
como Senior Co-Lead Manager e o Banco Finantia, Banco Santander,
BBVA, BPI e CaixaBI como Co-Lead Managers da Oferta Institucional”.
O Espírito Santo Investment Bank atuará também como Coordenador
Global da Oferta Pública de Distribuição.

O IPO deverá incluir a emissão de novas ações pela ES Saúde,
num montante de aproximadamente 25 milhões de euros, e uma venda
parcial de ações já existentes detidas por alguns dos acionistas
atuais da Empresa (Rio Forte Investments, S.A., Espírito Santo
Financial Group, S.A. e Companhia de Seguros Tranquilidade, S.A.). O
aumento de capital a efetuar pela empresa tem como principal objetivo
o reforço da sua estrutura financeira, aumentando a flexibilidade
para futuros investimentos.

“É expectável que o IPO consista i) numa oferta pública de
ações dirigida a investidores em Portugal, que incluirá uma
tranche para Colaboradores da ES Saúde (a “Oferta Pública de
Distribuição”) e ii) uma oferta institucional em Portugal e
noutros países, excluindo os EUA, ao abrigo do Regulation S, e nos
EUA para Qualified Institutional Buyers ao abrigo da regra 144A (a
“Oferta Institucional”)”, explica-se no documento enviado à
CMVM.

Após o IPO, prevê-se que a Rio Forte Investments S.A., através
da sociedade por si controlada Espírito Santo Healthcare Investments
S.A., mantenha uma participação mínima de 51% no capital da ES
Saúde.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hino Liga Nos

Futebol. Hino do fair-play junta 18 clubes a uma só voz

Brazil's suspended President Dilma Rousseff speaks during the final session of debate and voting on Rousseff's impeachment trial in Brasilia, Brazil, August 29, 2016. REUTERS/Ueslei Marcelino

Senadores já votaram: Dilma foi destituída

internet-old-school

Dropbox. Ataque informático rouba milhões de passwords

ALBA - Salamadra Remade. Fotografia: D.R.

A histórica metalúrgica ALBA estreia-se no Tent London

Quinta Nova distinguida pelo Luxury Travel Guide . Fotografia: D.R.

Quinta Nova vence prémio internacional de luxo

Tamara e João Amorim foram o casal vencedor do concurso da TAP no ano passado. Durante sete meses viajaram pelo continente americano.

(Fernando Pereira/Global Imagens)

400 candidatos depois, conheça o vencedor do Gap Year Portugal deste ano

Conteúdo Patrocinado
Espírito Santo Saúde avança com IPO para entrar em bolsa