Estas startups são as 5 finalistas aos prémios Jovem Empreendedor

Prémio Jovem Empreendedor da ANJE
Pixom e Electronic Gadgets and Gizmos. A atribuição do prémio, no valor global de 30 mil euros, terá lugar na sexta-feira, em Serralves, e conta com a presença do secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Pereira Gonçalves."> Prémio Jovem Empreendedor da ANJE

As startups finalistas para o Prémio do Jovem Empreendedor, atribuído pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) são: HealthyRaod, CALX, Sea4us, Pixom e Electronic Gadgets and Gizmos. A atribuição do prémio, no valor global de 30 mil euros, terá lugar na sexta-feira, em Serralves, e conta com a presença do secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Pereira Gonçalves.

Será escolhido para vencedor do Prémio do Jovem Empreendedor o projeto que melhor preencha os seguintes requisitos: características empreendedoras e ou inovadoras; viabilidade económico-financeira; e exequibilidade financeira e operacional.

Nesta 15ª final do galardão, a inovação e o caráter multidisciplinar não podiam faltar, e cada uma das finalistas apresenta soluções para diferentes áreas como a segurança rodoviária, materiais de construção, farmacêuticos marinhos, tecnologia criativa e eletrónica.

De acordo com a ANJE as “propostas de produtos e serviços marcam a diferença não apenas pela incorporação de valor acrescentado, mas sobretudo pelo seu potencial internacional e pela viabilidade demonstrada no plano de negócios apresentado a concurso”.

Leia também: 4 dias chegam para montar um negócio

Acrescentando que “em plena economia do conhecimento, as atenções da ANJE e da comissão técnica de avaliação centraram-se na seleção de negócios vincadamente diferenciadores, complementados por uma forte visão de mercado e por uma postura assumidamente born global, isto é, voltada para a internacionalização”.

Uma das finalistas, a HealthyRoad, foi recentemente selecionada pelo programa Startup Chile para um período de desenvolvimento da sua tecnologia na América Latina, a sua ambição é transformar-se num player de referência no mercado dos sistemas de transporte inteligente para a prevenção rodoviária.

A tecnologia HealthyRoad oferece aos utilizadores uma maior segurança na condução, através de um sistema de deteção e alerta de sonolência e fadiga. Os avisos emitidos ao condutor, com base no diagnóstico desses estados de risco, são acompanhados de um aconselhamento imediato de uma pausa na condução.

Já o projeto da finalista CALX visa a produção e comercialização de placas de calçada portuguesa. Uma proposta que se afirma de valor acrescentado relativamente ao modelo de negócio atual da calçada portuguesa, por se tratar de um produto concebido para exportação.

Por seu lado a Sea4Us identifica compostos de origem marinha para desenvolver novos fármacos. O analgésico da Sea4Us atua num “interruptor” da perceção cerebral da dor crónica, bloqueando-a. Sendo específico, este analgésico é eficaz e com reduzidos efeitos-secundários, contrastando com as insuficiências dos analgésicos existentes.

A EGG – Electronic Gadgets and Gizmos, por sua vez, tem como objetivo desenvolver equipamentos que se propõem mudar o modo como as pessoas veem e utilizam as fichas triplas. O objetivo do projeto é revolucionar este elemento, não apenas na ótica do design, mas sobretudo no que respeita às suas funcionalidades, que passam a ser acrescidas.

O prémio atribuído pela ANJE foi criado em 1998, com o intuito de distinguir e valorizar empresas em fase de criação e/ou expansão de negócios, o certame beneficia do apoio do IEFP e atribui ao melhor projeto apresentado a concurso um prémio no valor global de 30 mil euros, onde se inclui um prize money de 20 mil euros, a oferta de um ano de incubação numa das infraestruturas da ANJE e ainda o acesso gratuito à formação avançada ANJE, nomeadamente a inscrição numa pós-graduação promovida pela associação. O júri poderá ainda, caso entenda ser pertinente, conceder menções honrosas a alguns concorrentes.

Recorde-se que na primeira edição, o Prémio do Jovem Empreendedor consagrou a Critical Software, uma empresa da área das TIC com sede em Coimbra mas que, em virtude dos serviços que presta à NASA, tem também escritório em Silicon Valley, na Califórnia, EUA.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

BCP

BCP propõe distribuir 30 milhões em dividendos

Miguel Maya, CEO do Millennium Bcp.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Lucro do BCP sobe mais de 60% para 300 milhões em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Estas startups são as 5 finalistas aos prémios Jovem Empreendedor