Este é o primeiro veículo autónomo a circular em Portugal (e já tem seguro)

O primeiro autocarro autónomo em Portugal começa a operar junto à Nova SBE de Carcavelos nos próximos dias e já tem seguro.

O primeiro autocarro autónomo em Portugal começa a operar junto à Nova SBE de Carcavelos nos próximos dias e já tem seguro, algo que poderia não ser fácil de conseguir com a legislação portuguesa.

Há vários países, como os EUA e a Finlândia, onde os veículos autónomos já estão a ser testados em ambiente real há algum tempo e a legislação - especialmente na Finlândia - tem facilitado esses mesmo modelos. Vimos um desses exemplos na reportagem que fizemos no país da Lapónia com o autocarro-robô Gacha.

Agora, nos próximos dias começa a operar em Portugal o primeiro veículo autónomo, ligando a Nova School of Business & Economics (Nova SBE) à rotunda dos Lombos, junto à praia de Carcavelos, em Cascais. O modelo consegue assim o primeiro seguro para este tipo de veículos que não tem condutor e circula num percurso fixo de forma relativamente livre, de acordo com o que anuncia em comunicado o Ageas Seguros, que é a seguradora do veículo.

Esta espécie de autocarro, semelhante a uma carrinha, terá capacidade para 15/16 passageiros por trajeto e, na primeira fase, vai ligar a universidade à praia, um percurso de cerca de um quilómetro. Numa segunda fase, o veículo autónomo ligará o campus da Nova SBE à estação de Carcavelos, trajeto de cerca de 1,5 quilómetros.

José Gomes, CEO Não Vida do Grupo Ageas Portugal, diz que “este é o primeiro passo da Ageas Seguros na abordagem a um novo paradigma com que as seguradoras se deparam. Mostramos assim, ao ser a primeira seguradora no mercado a oferecer este tipo de soluções, que estamos na linha da frente no que concerne à adaptação das seguradoras às novas realidades e tendências”.

Rui Rei, presidente da empresa municipal Cascais Próxima, admitiu ao Dinheiro Vivo há alguns meses que o veículo irá circular num espaço próprio e vai servir para uma vários testes diferentes ao modelo. "Só depois dos testes é que vamos decidir se compramos mais veículos ou concessionamos o serviço", explicou.

Aquele que deveria ter sido o primeiro veículo autónomo a circular em Portugal, o Viriato, num projeto da Câmara Municipal de Viseu está "atrasado". O veículo vai substituir o funicular de Viseu, era para chegar no primeiro semestre deste ano mas a autarquia viseense anunciou recentemente que o lançamento só será feito em 2020, de acordo com o Jornal do Centro.

“Muitas vezes as vicissitudes dos estudos, as amarras da lei, vão atrasando um ou outro processo. Mas pensamos nós que no início do próximo ano possamos vir a ter o veículo não tripulado”, esclareceu ao meio de comunicação local João Paulo Gouveia, vereador da autarquia viseense.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de