Estoril-Sol encerra casinos nos fins de semana prolongados. Solverde fecha só os de Espinho e Chaves

Os três casinos da Solverde no Algarve vão manter-se em funcionamento, dado que as medidas de controlo da pandemia na região estão ajustadas às situações de risco moderado e elevado.

O grupo Estoril-Sol vai encerrar os casino do Estoril, de Lisboa e da Póvoa de Varzim nos próximos fins de semana prolongados, de 28 de novembro a 1 de dezembro e de 5 a 8 de dezembro, assim como o grupo Solverde vai fechar as salas de jogo de Espinho e de Chaves, devido à renovação do Estado de Emergência até dia 8 do próximo mês, que visa travar o agravamento da pandemia da covid-19.

Já os casinos do Algarve (Monte Gordo, Vilamoura e Praia da Rocha), uma concessão da Solverde, vão manter-se em operação, já que as medidas de controlo da pandemia são menos restritivas na região. No Algarve, os concelhos estão em situação de risco moderado ou elevado.

Com excepção destes dois próximos fins desemana, os casino de Espinho e de Chaves vão funcionar das 12 às 22 horas, com os jogos bancados a terem início às 13 horas em Espinho e às 15 horas em Chaves.

Os casinos da Estoril-Sol estarão abertos, apenas, de quarta a sexta-feira, durante as próximas duas semanas. A sala do Estoril e de Lisboa abrem às 11 horas e a da Póvoa às 12 horas. As portas fecham às 22 horas.

Os clientes dos casinos do Estoril e de Lisboa só poderão aceder na abertura às áreas das salas de máquinas automáticas e de snack bar. Às 13 horas, estarão disponíveis os acessos às restantes áreas públicas, designadamente as salas de jogos tradicionais.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de