Exportações têxteis aceleram em outubro

Em Outubro os têxteis portugueses viram aumentar as suas exportações, face ao ano anterior

As exportações de têxteis e vestuário aceleraram, em outubro, o ritmo de crescimento, registando um aumento de 9%, comparativamente com o mês homólogo de 2014. Em termos cumulativos, o período de janeiro a outubro, regista já um total de 4.055 milhões de euros e uma taxa de crescimento de 4,1%.

De acordo com a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), as exportações matérias têxteis cresceram 6%, as de produtos têxteis confecionados, entre os quais os têxteis-lar, 7% e as de vestuário cerca de 3%.

Espanha mantém a liderança e continua a ser o destino que acumula o primeiro lugar do ranking em termos de destinos, assim como o que regista maior crescimento absoluto nos 10 meses do ano, com um acréscimo de 117 milhões de euros e uma taxa de crescimento de cerca de 10%.

EUA é o segundo destino em termos de crescimento absoluto, com um acréscimo de 52 milhões de euros e uma taxa de crescimento de 29%, "reforçando a importância da conclusão, o mais breve possível, das negociações do TTIP (Transatlantic Trade and Investment Partnership) entre a UE e os EUA", salienta a ATP.

Noruega é o destino que se segue, sinalizando o regresso do interesse dos países nórdicos pela indústria têxtil portuguesa, com um acréscimo de 15 milhões de euros (66% de crescimento).

A balança comercial da ITV registou um saldo positivo de 910 milhões de euros nos 10 meses de 2015.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de