Fã de Nutella? O problema é que o mau tempo está a dar cabo das avelãs

Para a produção de uma embalagem de 365g de Nutella são necessárias 50 avelãs
Para a produção de uma embalagem de 365g de Nutella são necessárias 50 avelãs

O mau tempo na Turquia, a maior produtora de avelãs a nível mundial, provocou consequências na produção de avelãs. A indústria, responsável pelo cultivo de 70% das avelãs em todo o mundo, revela notícias pouco animadoras para os fãs da Nutella.

A escassez de avelãs levou a um aumento do preço do fruto seco. Atualmente, o preço praticado equivale ao dobro do registado no 2.º semestre de 2013.

Leia também:
Como a Ferrero quer pôr os portugueses a comerem Nutella ao pequeno-almoço

O aumento do preço das avelãs vai afetar inúmeras marcas e empresas fabricantes de chocolate, sendo o grupo Ferrero, responsável pela Nutella, um dos mais afetados.

O grupo Ferrero compra 25% das avelãs de todo o mundo e a Turquia é um dos países fundamentais, já que para a produção de uma embalagem de 365g de Nutella são necessárias 50 avelãs.

Porém, há notícias mais animadoras. O grupo Ferrero adquiriu, há cerca de um mês, a Oltan Group, uma das principais fornecedoras de avelãs na Turquia, protegendo-se assim, de certa forma, das pressões do mercado. “O grupo Ferrero protegeu-se, até determinado ponto, dos problemas de fornecedores”, disse à Bloomberg Julian Gale, editor-assistente da Foodnews.

Leia também: Bem-vindo à Wikipedia do chocolate

Mas a verdade é que as más notícias não ficam por aqui. O óleo de palma e o cacau, dois dos ingredientes-chave da Nutella, também sofreram um aumento do preço.

O consumo de Nutella tem vindo a aumentar cada vez mais ao longo dos
anos. De acordo com o Euromonitor, as vendas deste produto a nível
mundial subiram 6,4% em 2013. “Os consumidores apostam, cada vez mais,
em produtos com chocolate e avelãs, mais especificamente Nutella”,
referiu o Euromonitor.

Por enquanto, não há motivos de preocupação para os fãs da Nutella. O grupo Ferrero não fez qualquer alteração no preço dos produtos, nem mencionou nenhum aumento para breve.

Porém, nada está decidido. Se o mau tempo se mantiver é bem possível que as 250 mil toneladas de Nutella vendidas em mais de 75 países, Portugal incluído, comecem a ser vendidas a um preço mais elevado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Banco de Portugal

Bancos concederam moratórias a 741 623 empréstimos entre março e junho

Pingo Doce

PD. Sindicato quer impugnar no Tribunal “golpada” no referendo do banco de horas

Hiper Pingo Doce__00266

Sindicato leva banco de horas do Pingo Doce a tribunal

Fã de Nutella? O problema é que o mau tempo está a dar cabo das avelãs