Tecnologia

Facebook compra plataforma Giphy, com planos para integração no Instagram

(Olivier DOULIERY / AFP)
(Olivier DOULIERY / AFP)

A rede social anunciou a aquisição da plataforma de imagens em formato GIF, a Giphy. Aquisição rondará os 400 milhões de dólares.

Depois de a notícia ter sido avançada pelo site Axios, o Facebook confirmou que vai mesmo comprar a plataforma de imagens animadas Giphy. Com o Instagram a ganhar relevância no portefólio da empresa de Mark Zuckerberg, será por essa rede social que passará a integração desta nova aquisição.

O negócio rondará os 400 milhões de dólares, cerca de 369 milhões de euros, conforme avançou o site Axios, o primeiro a dar a notícia desta aquisição. Entretanto, numa publicação partilhada na área de imprensa do Facebook, a empresa dá as boas-vindas à Giphy como “parte da equipa do Instagram”.

A Giphy não é uma ilustre desconhecida de redes sociais como o Facebook ou o Instagram. Na verdade, é nesta segunda opção que são mais visíveis os efeitos da biblioteca da Giphy, já que é de lá que vêm os GIF que é possível utilizar nas histórias do Instagram, como stickers. A Giphy é também usada em redes sociais como o Facebook, Messenger ou o WhatsApp.

“Muita gente na nossa comunidade já conhece e adora a Giphy. De facto, 50% do tráfego da Giphy resulta da família de aplicações do Facebook, metade desse valor diz respeito apenas ao Instagram. Ao unir o Instagram e a Giphy, estamos a garantir que é mais fácil para as pessoas encontrarem os GIF perfeitos e stickers nas Stories e mensagens diretas”, escreve Vishal Shah, VP de Produto do Facebook.

Na mesma nota, a rede social nota que já usa a API (interface de programação de aplicações) da Giphy há anos e não só no Instagram. Por agora, é ainda revelado que a Giphy continuará a opera a sua biblioteca de imagens animadas, mas que o Facebook está “ansioso para investir mais na sua tecnologia e relações entre conteúdos e parceiros de API”.

Continuará também a ser possível fazer upload de GIF para a biblioteca da Giphy durante este período.

A Giphy foi fundada em 2013, nos Estados Unidos, por Jace Cook e Alex Chung. A empresa tem uma das maiores coleções de GIF do mundo – só em 2016 tinha mais de mil milhões de imagens.

De há uns anos para cá, a empresa tem feito parcerias com várias empresas para alojar conteúdos em GIF. A lista de empresas parcerias inclui a Disney, Pepsi ou a Calvin Klein.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Governo cria complemento salarial até 350 euros para trabalhadores em lay-off

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa, 04 junho 2020, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Banco de Fomento para Portugal com “aprovação provisória”

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda,  em Lisboa, 29 de maio de 2020. O Governo decidiu adiar a passagem para a terceira fase de desconfinamento na Área Metropolitana de Lisboa e criou regras especiais, sobretudo em atividades que envolvem “grande aglomerações de pessoas”.  MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

Facebook compra plataforma Giphy, com planos para integração no Instagram