Tecnologia

Polémica dos dados do Facebook terá atingido 63 mil portugueses

Foto: Reuters/ Dado Ruvic
Foto: Reuters/ Dado Ruvic

A consultora britânica Cambridge Analytica pode ter acedido a dados de cerca de 63.080 utilizadores do Facebook em Portugal

A consultora britânica Cambridge Analytica pode ter acedido a dados de cerca de 63.080 utilizadores do Facebook em Portugal, de acordo com fonte oficial da rede social norte-americana.

Em dados partilhados pela empresa, o Facebook confirma que o número de utilizadores que descarregaram a aplicação que terá obtido os dados, a “thisisyourdigitallife”, em Portugal rondou os 15.

O número de utilizadores potencialmente afetados resulta de “metodologia expansiva” que inclui os que descarregaram a ‘app’ e respetivos ‘amigos’.

“Realizamos a nossa própria análise interna para determinar o número de pessoas potencialmente visadas. Utilizamos uma metodologia expansiva – esta é a nossa melhor estimativa do número de pessoas que instalaram a ‘app’, bem como dos seus amigos cujos dados podem ter sido acedidos.

Numa conferência telefónica com vários elementos dos ‘media’, o cofundador e atual presidente-executivo (CEO) da empresa que detém o Facebook, WhatsApp e Instagram, Mark Zuckerberg revelou que a sociedade de consultoria britânica Cambridge Analytica terá acedido aos dados de 87 milhões de utilizadores.

A rede social Facebook tem estado no centro de uma vasta polémica internacional com a empresa Cambridge Analytica, acusada de ter recuperado dados de milhões de utilizadores da rede social, sem o seu consentimento, para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, favorecendo a campanha de Donald Trump.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O empresário Joe Berardo à chegada para a sua audição perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

A “golpada”, a falta de património e o risco todo no lado da CGD

Luís Castro Henriques .
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Luís Castro Henriques: “Portugal já não é um país de burocratas”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Polémica dos dados do Facebook terá atingido 63 mil portugueses