F8

Facebook lança plataforma de realidade aumentada

Mark Zuckerberg revela novidades no F8 2017, em São José, Califórnia
Mark Zuckerberg revela novidades no F8 2017, em São José, Califórnia

No evento anual F8, Mark Zuckerberg declarou que a câmara do smartphone será o primeiro dispositivo de massas para realidade aumentada.

Toda a gente pensou que os óculos inteligentes ao estilo Google Glass seriam o primeiro dispositivo de realidade aumentada a chegar às massas. Afinal, será a câmara do smartphone. É o que o Facebook pretende fazer acontecer com o lançamento de uma plataforma de realidade aumentada que permitirá aos programadores escreverem aplicações AR para as câmaras móveis.

“Estamos a assistir ao início de uma nova plataforma”, declarou o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, na abertura do evento anual F8 em São José. “Não estamos a usar ferramentas primitivas porque gostamos mais delas, mas porque entretanto estamos a criar ferramentas melhores”, explicou. “A câmara será a primeira plataforma massiva de realidade aumentada.”

A partir de hoje, a rede social lança a Camera Effects Platform em beta fechado para que os programadores comecem a desenvolvê-la. A ideia é a seguinte: em vez de usar um par de óculos que sobrepõe informações digitais no mundo real, tira-se o smartphone do bolso e acede-se a realidade aumentada através da câmara. Para isso, é preciso chegar a um ponto em que qualquer aplicação tem a tecnologia integrada – e não apenas apps tipo Pokémon Go.

A inspiração para o produto veio da popularidade de coisas básicas que os utilizadores estão a fazer com os seus smartphones – adicionando máscaras e efeitos às suas fotos e vídeos ao vivo, escrevendo em cima das imagens, misturando os dois mundos. Os novos filtros do Messenger ou os do Snapchat não surgiram como a próxima grande coisa em realidade aumentada, mas abriram caminho para uma direção que não se previa há dois ou três anos.

A plataforma de desenvolvimento irá focar-se em três aspetos: a criação de objetos 3D realistas, a utilização de localização precisa (SLAM – Simultaneous Localization and Mapping) e reconhecimento de objetos. Alguns efeitos vão ser apenas divertidos, outros serão úteis. A familiaridade dos utilizadores em relação aos efeitos básicos tornará simples a adesão a esta nova era de realidade aumentada em todas as aplicações.

“Muitas coisas que temos nas nossas vidas não precisam de ser físicas, podem ser digitais”, referiu Zuckerberg, que estava anormalmente bem disposto. O CEO iniciou a apresentação fazendo uma série de piadas sobre o mais recente filme “The Fast and The Furious”, o outro F8 a acontecer esta semana.

“O Facebook permite a extensão do mundo físico para o online. A realidade aumentada vai ajudar-nos a misturar o digital e o físico em formatos novos, tornando o nosso mundo físico melhor.”

Um exemplo que Zuckerberg deu foi a possibilidade de deixar notas “invisíveis” aos amigos, por exemplo “marcando” uma mesa num bar ou escrevendo um post-it virtual no frigorífico. “Vai demorar algum tempo”, reconheceu o CEO, “mas isto será uma tecnologia importante que mudará a forma como usamos os nossos smartphones”, adicionando câmaras a todas as aplicações.

“Esta tecnologia irá depois ser usada nos tais óculos inteligentes que todos queremos”, declarou Zuckerberg.

Durante o F8, que decorre esta semana na Califórnia, o Facebook vai também lançar o seu primeiro produto de realidade virtual social, uma nova plataforma para a aplicação de mensagens instantâneas Messenger e ainda assistir ao segundo voo do avião Aquila, cuja missão é levar internet a zonas remotas, a partir do Arizona.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

Facebook lança plataforma de realidade aumentada