Fake News

Facebook suspende 30 mil contas falsas em França

FILE PHOTO --  File photo of Facebook CEO Mark Zuckerberg during a town hall at Facebook's headquarters in Menlo Park, California

A luta de Mark Zuckerberg contra a proliferação de notícias falsas através do Facebook começa a dar resultados.

A data não foi à toa. Uma semana antes da primeira volta das eleições presidenciais francesas, o Facebook anunciou a descoberta e suspensão de 30 mil contas falsas em França.

Para evitar a proliferação das ‘fake news’, informações trocadas e do spam, a rede social de Zuckerberg fez um movimento inédito: suspendeu estas contas suspeitas. Este é o movimento mais agressivo de sempre da rede social, diz a Reuters, já que em regra o Facebook apenas atua depois de denuncias de outros utilizadores.

O anúncio deste raide a contas suspeitas foi feito esta quinta-feira e surge também como resposta aos governos europeus que têm ameaçado Marke Zuckerberg com leis mais apertadas para conter a passagem de informações erradas. A pressão não tem sido feita apenas no Facebook, o cerco está a apertar para outras redes como o Twitter ou o Youtube, especialmente agora que se aproximam eleições em França e Alemanha.

Para contornar a onda de protestos, o Facebook já criou um programa em França que pode ser utilizado para confirmar a veracidade das informações. Este fact-checker combate diretamente as notícias falsas que podem surgir no feed da rede social.

Conheça as dicas para combater as notícias falsas

Na Alemanha também já foram tomadas medidas: esta terça-feira os principais jornais alemães tinham uma página inteira de publicidade para ensinar os utilizadores a combaterem as notícias falsas.

O Facebook adiantou, segundo a Reuters, que tem como prioridade a remoção de todas as contas suspeitas com volumes muito elevados de posts e com grandes audiências.

Fontes relacionadas ao processo adiantam à Reuters que o Facebook está ainda a apertar o seu algoritmo para detectar contas que sejam geridas de forma automática.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens )

Englobamento agrava IRS para rendimentos ‘protegidos’ pelo mínimo de existência

(Gustavo Bom / Global Imagens )

Englobamento agrava IRS para rendimentos ‘protegidos’ pelo mínimo de existência

Salvador de Mello
( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

Saúde não pode andar “ao sabor de ventos políticos”

Outros conteúdos GMG
Facebook suspende 30 mil contas falsas em França