Família Queiroz Pereira fica com 82,7% dos direitos de voto da Semapa

A holding Sodim tinha renunciado à condição de sucesso de atingir 90% dos direitos de voto na Semana, pelo que, de acordo com a Euronext, "a oferta é eficaz" e todas as ordens de aceitação são executadas, mantendo-se ainda a Semapa no PSI 20.

A 'holding' Sodim detém 82,7% dos direitos de voto da Semapa e 81,3% do capital social depois de apurados na segunda-feira os resultados da oferta pública de aquisição (OPA) lançada sobre o grupo que detém a Navigator e a Secil.

Em comunicado, a Euronext revelou que a Sodim adquiriu em bolsa durante o período da oferta 1.252.632 ações da Semapa, o que corresponde a 1,541 do capital social e 1,568% dos direitos de voto.

Paralelamente, o total comprado pela 'holding' em resultado da oferta, através do serviço de centralização de bolsa atingiu os 6.402.799 títulos da Semapa, ou seja, 7,878% do capital social e 8,017% dos direitos de voto.

Recordando que a Sodim já detinha 58.438.334 ações, representativas de 71,9% do capital social e 73,1% dos direitos de voto, a Euronext concluiu que a 'holding' ficou assim com 66.093.765 ações, totalizando detém 82,7% dos direitos de voto da Semapa e 81,3% do capital social.

A 'holding' tinha renunciado à condição de sucesso de atingir 90% dos direitos de voto na Semana, pelo que, de acordo com a Euronext, "a oferta é eficaz" e todas as ordens de aceitação são executadas, mantendo-se ainda a Semapa no PSI 20.

A 25 de maio, a Sodim, 'holding' da família Queiroz Pereira, pediu a prorrogação até 04 de junho do período da Oferta Pública de Aquisição (OPA) que lançou sobre a Semapa.

"Na presente data [25 de maio], a Sodim, SGPS, S.A, na qualidade de oferente, remeteu à Semapa, na qualidade de sociedade visada, informação ao mercado relativamente à prorrogação do período da oferta pública geral e voluntária de aquisição sobre as ações ordinárias representativas do capital social da Semapa", lê-se num comunicado enviado pela Semapa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Face à prorrogação do período da OPA até 04 de junho, a data limite para revogação das declarações de aceitação passou a ser 01 de junho, a de apuramento dos resultados da oferta fixada em 07 de junho (hoje) e a liquidação física e financeira da OPA acontecerá a 09 de junho.

Em 19 de fevereiro, a Semapa anunciou que a 'holding' da família Queiroz Pereira - a Sodim -pretendia lançar uma OPA "geral e voluntária" sobre as ações que não detém na empresa.

A Sodim detinha nessa altura (através da sua subsidiária Cimo - Gestão de Participações) 71,906% do capital social da Semapa, correspondentes a 73,167% dos direitos de voto.

O valor final a pagar por ação na oferta é atualmente de 11,66 euros, em dinheiro, o qual corresponde ao valor da contrapartida da oferta de 12,17 euros por ação deduzido do dividendo já pago pela Semapa de 0,512 euros por ação.

No dia 05 de março, o Conselho de Administração da Semapa considerou que a oferta lançada pela Sodim "é oportuna" e apresenta condições "adequadas", não se antevendo alterações da situação dos trabalhadores, 'stakeholders' ou finanças da empresa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de