Empresas

Farfetch inaugura escritório em Braga e está a recrutar

Farfetch
REUTERS/Toby Melville

A tecnológica liderada por José Neves continua a apostar em Portugal e abriu um novo escritório em Portugal, desta vez em Braga

A Farfetch, empresa luso-britânica que tem uma plataforma online para a venda de artigos de luxo, dá sinais de continuar a apostar em Portugal. Já com três pólos em Portugal – Guimarães, Porto e Lisboa – a Farfetch abriu oficialmente um novo escritório, desta vez, em Braga. “O investimento no novo pólo tecnológico está alinhado com a estratégia de crescimento em Portugal e representa uma aposta na capacidade dinamizadora e inovadora daquela que é considerada a cidade mais jovem do país”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

Esta infraestrutura tem capacidade para 150 pessoas “com algumas características surpreendentes, nomeadamente com um terraço que funciona como zona de lazer, onde os colaboradores podem descontrair e até correr numa pista de kart”.

“A plataforma líder global para a indústria da moda de luxo tem oportunidades disponíveis em aberto para o novo escritório, nomeadamente nas áreas de Engenharia e Produto”.

Cipriano Sousa, diretor de tecnologia (Chief Technology Officer, CTO) da Farfetch, sublinha, em comunicado, que a abertura desta quarto pólo em Portugal é “um sinal claro de que continuamos a apostar em Portugal, onde temos muitas equipas, que têm a oportunidade de, a partir daqui, ter a experiência de trabalhar em rede, internacionalmente, com colegas sediados noutros escritórios, numa lógica global, que está no nosso ADN, na nossa missão e valores”.

A abertura oficial dos escritórios em Braga surge apenas alguns dias depois de a empresa ter anunciado que comprou a tecnológica chinesa CuriosityChina. Em comunicado, a empresa liderada pelo português José Neves indica que a companhia asiática “foca a sua atuação na amplificação de marcas premium e de luxo através de plataformas digitais na China”.

“Com uma importante e crescente lista de clientes de mais de 80 marcas e empresas, a CuriosityChina oferece as melhores soluções disponíveis no mercado às marcas internacionais de topo que querem expandir para a China ou chegar a potenciais clientes chineses que estão a sair para outros mercados”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Paulo Spranger/Global Imagens)

Depois de pagar a renda sobram 450 euros ao salário dos lisboetas

(Paulo Spranger/Global Imagens)

Depois de pagar a renda sobram 450 euros ao salário dos lisboetas

Aptoide | Paulo Trezentos | Álvaro Pinto

Portuguesa Aptoide já negoceia com Huawei para ser alternativa à Google

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Farfetch inaugura escritório em Braga e está a recrutar