media

Felipa Garnel na direção de programas da TVI

Felipa Garnel
Felipa Garnel

Bruno Santos, até aqui na liderança de programas da TVI, termina a sua relação com o grupo detido pela Prisa

Felipa Garnel está de regresso ao grupo Media Capital para assumir a direção de programas da TVI. A antiga diretora da revista Lux substitui no cargo Bruno Santos, que pões fim à sua relação com o grupo controlado pela Prisa.

Luís Cunha Velho, Administrador da TVI, assume o pelouro da Gestão de Antena.

A mudança na direção de programas surge menos de uma semana depois de o grupo ter anunciado Luís Cabral como CEO.

“Acompanhei de perto o trabalho que (Felipa Garnel) desenvolveu ao longo dos anos em que esteve na Media Capital e acredito na sua combatividade, modernidade e capacidade de liderança, necessários num ciclo que agora se inicia”, justifica Luís Cabral, sobre a nomeação da profissional para a direção de programas da estação de Queluz.

Felipa Garnel assume a liderança de programas da TVI, num momento em que a estação é a segunda mais vista, tendo desde fevereiro perdido a liderança para a SIC.

 

Em relação à Felipa Garnel, acompanhei de perto o trabalho que desenvolveu ao longo dos anos em que esteve na Media Capital e acredito na sua combatividade, modernidade e capacidade de liderança, necessários num ciclo que agora se inicia”, explica Luís Cabral, CEO da Media Capital, citado em comunicado.

“Gosto de desafios e aceitei desde a primeira hora a proposta de fazer parte de uma equipa coesa, empenhada em reconquistar a preferência dos portugueses. Acredito no valor de cada pessoa que trabalha na TVI e estou certa de que, unidos, conseguiremos inovar e surpreender”, afirma Felipa Garnel.

“É um desafio exigente, mas que me motiva imenso. Temos profissionais de excelência e uma crença enorme no futuro da TVI”, afirma Luís Cunha Velho, administrador da TVI e administrador Executivo da Plural Entertainment, que assume agora o pelouro da Gestão da Antena.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
The World Economic Forum, Davos
Fabrice COFFRINI/AFP

Líderes rumam a Davos para debater a nova desordem mundial

Mário Centeno

Privados pedem ao Estado 1,4 mil milhões de euros em indemnizações

Luis Cabral, economista.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Luís Cabral: “Pobreza já não é só ganhar 2 dólares/dia”

Felipa Garnel na direção de programas da TVI