Telecomunicações

França. Altice cria empresa de torres com o fundo KKR

Patrick Drahi, presidente do grupo Altice. (REUTERS/Lucas Jackson -/File Photo)
Patrick Drahi, presidente do grupo Altice. (REUTERS/Lucas Jackson -/File Photo)

Altice vendeu em junho um conjunto de 10 mil torres em França ao fundo KKR. A Hivory, agora criada, absorveu esse portfólio

A Altice Europa anunciou a criação em França de uma empresa independente de torres com o fundo KKR. A criação de Hivory segue-se à conclusão da compra de 49,99% de um portfólio de mais de 10 mil torres de comunicações da operação da Altice em França, conhecida em junho.

A Hivory é a maior empresa de torres de comunicação em França e a terceira maior na Europa, segundo a Altice. Com mais de 10 mil torres, a empresa “está focada em servir as crescentes necessidades de infraestrutura dos operadores móveis em fornecer conectividade a toda a população francesa, respondendo à contínua procura de consumo de dados e aumento da cobertura”, descreve a Altice em comunicado.

Com a Hivory a Altice e a KKR irão “proativamente procurar parcerias com todos os operadores móveis para desenvolver a sua cobertura e objetivos de densificação (de rede) em França”, num momento em que o mercado prepara o arranque do 5G.

A venda das torres em França realizou-se no âmbito da venda de ativos não estratégicos levada a cabo pelo grupo dono do Meo para reduzir dívida do grupo.

Essa estratégia levou igualmente à venda de cerca de 3 mil torres em Portugal a um consórcio formado pela Morgan Stanley Infrastructure Partners e a Horizon Equity Partners, para a venda de 75% de uma empresa que iria ser criada em breve (Torres de Portugal ou ToP). “A transação valoriza a Torres de Portugal em 660 milhões, representando um múltiplo altamente atrativo de 18.9x do EBITDA proforma de 2017 de 35 milhões de euros”, informa a Altice na época.

O acordo em Portugal previa ainda a construção de 400 novos sites, entre a Altice Portugal e a ToP, prevendo-se que o mesmo possa gerar cerca de 60 milhões de euros em receitas adicionais para a Altice Portugal nos próximos 4 anos. A operadora fechou ainda um contrato inicial de 20 anos para a utilização das torres da ToP.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Vendas de carros descem 71,6% em maio

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: António Cotrim/Lusa

PIB pode registar quebra entre 9% a 15% em 2020

Lisboa, 25/05/2016 - Aspecto do Palco Mundo, durante uma reportagem do Diário de Notícias sobre o que acontece nos dias em que no Festival Rock in Rio não há concertos.

( Gustavo Bom / Global Imagens )

APSTE: Setor dos eventos com prejuízos de 20 milhões no segundo trimestre

França. Altice cria empresa de torres com o fundo KKR