Aeronaútica

Franceses projetam nova fábrica de aeronáutica em Évora

Francesa Lauak tem outra fábrica em Setúbal que produz componentes para Airbus e Embraer
Francesa Lauak tem outra fábrica em Setúbal que produz componentes para Airbus e Embraer

A multinacional francesa Lauak vai construir uma nova fábrica, em Évora, para produzir peças em alumínio para o setor da aeronáutica, prevendo iniciar a laboração no final de 2016

A multinacional francesa Lauak vai construir uma nova fábrica, em Évora, para produzir peças em alumínio para o setor da aeronáutica, prevendo iniciar a laboração no final de 2016, revelou hoje um responsável do grupo.

Em declarações à agência Lusa, o diretor-geral da Lauak Portuguesa, Armando Gomes, afirmou que “a decisão ao nível do grupo Lauak foi tomada”, estando a multinacional a trabalhar no “dossiê de investimento” do projeto.

“O projeto está no início. Estamos a consolidar o plano de negócios e a verificar quais são tipologias das máquinas que vamos comprar” para a futura fábrica, adiantou o responsável. A nova unidade fabril da francesa Lauak vai “nascer” num lote, com cerca de 20 mil metros quadrados, do Parque da Industria Aeronáutica de Évora, onde já funcionam duas fábricas da construtora aeronáutica brasileira Embraer.

Segundo o diretor-geral da Lauak Portuguesa, “será [constituída] uma empresa nova”, que vai criar um “centro de excelência dedicado à maquinação, engenharia e pesquisa e desenvolvimento”.

“Decidimos que todas peças estruturais em alumínio inferiores a dois metros, que atualmente são produzidas em França, serão feitas em Portugal por esta nova empresa que vai ser constituída em Évora”, referiu.

As fábricas da multinacional em França, precisou, manterão a produção de peças em “metais duros”, que integram “as partes quentes do avião”, como titânio, inox ou outras matérias desse tipo.

O responsável escusou-se a revelar o valor do investimento previsto, assim como o número de postos de trabalho que vão ser criados, remetendo a divulgação dos dados para janeiro, quando “o plano de negócios já estiver completamente consolidado”.

O grupo Lauak já possui uma fábrica de componentes para a indústria aeronáutica em Setúbal, que emprega cerca de 350 trabalhadores e que produz componentes para a Airbus e Embraer, entre outras construtoras.

No Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, funcionam duas fábricas da construtora aeronáutica brasileira Embraer, uma de estruturas metálicas e outra de materiais compósitos, e encontram-se em fase de instalação as unidades fabris da Air Olesa e da Mecachrome.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Centeno diz que abrandamento da economia esconde muitas coisas boas

Cristina Casalinho, presidente do IGCP

Portugal paga menos de 2% na última emissão de dívida do ano

Terminal (Naviport) do Porto de Setúbal com milhares de carros da Autoeuropa que estão bloqueados esta semana com a paralisação dos estivadores do Porto de Setúbal.
(A-gosto.com/Global Imagens).

Autoeuropa tem 5000 carros parados no porto de Setúbal

Outros conteúdos GMG
Franceses projetam nova fábrica de aeronáutica em Évora