Aeroporto

Funchal. Aeroporto reabre depois de quinta-feira sem voos

Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo. (Fotografia: D.R. )
Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo. (Fotografia: D.R. )

Aeroporto do Funchal cancelou todos os voos previstos esta quinta-feira, mas operação está a retomar com alguns reforços.

O aeroporto da Madeira começa a normalizar as operações depois de na quinta-feira nenhum avião ter conseguido aterrar ou descolar da pista devido aos ventos fortes. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera mantém para esta sexta-feira um aviso amarelo para o vento nas regiões montanhosas, que se deverá manter ativo até ao meio dia.

Esta quinta-feira, ficaram afetados 52 movimentos entre chegadas e partidas. Para hoje, estão programados 33 voos, entre os quais alguns extra.

Fonte da TAP informou à Lusa que vai realizar dois voos extra em Airbus A330, aviões com mais capacidade, para transportar o “maior número possível de passageiros” que ficaram retidos devido ao mau tempo.

O primeiro voo sai de Lisboa para o Funchal às 13h45 e o segundo às 19h00. No sentido inverso, Funchal-Lisboa, o primeiro voo está previsto para as 16:15 e o segundo para as 21:30.

Também a companhia aérea espanhola Binter, que efetua as ligações regulares entre a Madeira e o Porto Santo, tem um voo extra para o dia de hoje.

Ontem ao final do dia, em declarações ao Dinheiro Vivo, fonte oficial da ANA- Aeroportos indicou que “as diferentes entidades estão a tomar as medidas, que a cada uma compete, de forma a minimizar os constrangimentos para os passageiros durante as irregularidades”, tendo indicado que “por parte do aeroporto são asseguradas as condições no terminal, nomeadamente a restauração e logística de serviços”.

A gestora aeroportuária indicou ainda que “a assistência e informação aos passageiros estão a ser prestadas pelas companhias aéreas, ou seus representantes, como lhes compete”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Funchal. Aeroporto reabre depois de quinta-feira sem voos