Fazedores

Fundo 200M e Seventure Partners investem 2,5 milhões na LiMM Therapeutics

empreendedores, fazedores; startups

O Fundo 200M, gerido pela PME Investimentos, investiu na biofarmacêutica LiMM Therapeutics. Este é o terceiro investimento do Fundo 200M.

Marco Fernandes, da PME Investimentos, já tinha revelado ao Dinheiro Vivo que o Fundo 200M, tinha investido em três startups e que estava a analisar novas candidaturas de startups que buscam investimento. Agora, chega a confirmação da startup que recebeu capital deste fundo: trata-se da biofarmacêutica LiMM Therapeutics.

Este fundo de co-investimento, que é gerido pela PME Investimentos e co-financiado pela União Europeia via Portugal 2020, e a Seventure Partners investem um total de 2,5 milhões de euros na LiMM Therapeutics, de acordo com o comunicado enviado às redações.

A LiMM é “uma empresa biofarmacêutica que explora a relação molecular entre células linfóides inatas e neuronais nos tecidos periféricos, para desenvolver soluções terapêuticas para o tratamento de doenças do foro imune. Ao descodificar a linguagem neuroimune, a LiMM está a desenvolver produtos terapêuticos inovadores – RNLIs: Reprogramadores Neuronais de Linfócitos Inatos – para preservar a saúde e tratar doenças inflamatórias, infecciosas e metabólicas”.

O líder da empresa, David Braga Malta, indica em comunicado, que: “Na LiMM estamos focados em desenvolver um conjunto de agentes terapêuticos inovadores para resolver necessidades médicas não satisfeitas em áreas gastrointestinais, renais ou metabólicas. As nossas tecnologias estão baseadas em mecanismos de ação completamente novos e independentes, com potencial para superar os principais problemas que enfrentamos ao tentar tratar doenças do foro imune”.

A Seventure Partners é uma capital de risco europeia e que tem 750 milhões de euros de ativos sob gestão. Isabelle De Cremoux, CEO da Seventure Partners, nota no documento que a biofarmacêutica portuguesa “está posicionada exclusivamente na intersecção do imunológico e do neuronal, uma área que irá desbloquear novos produtos terapêuticos em interação clara com o microbioma.”

Marco Fernandes, CEO da PME Investimentos, reconhece, por sua vez, que “é a primeira vez que uma tecnologia de ciências da vida, desenvolvida numa universidade portuguesa e centro de investigação é capaz de atrair capital de risco internacional tão especializado como o da Seventure Partners. O Fundo 200M tem a honra de apoiar os empreendedores e investigadores científicos da Fundação Champalimaud, Henrique Veiga Fernandes e David Braga Malta e o desenvolvimento futuro da LiMM”.

Os investimentos do Fundo 200M

O primeiro investimento do Fundo 200M foi na Biosurfit, uma empresa que está focada “no desenvolvimento e produção de testes IVD no Point-of-Care com tecnologia própria altamente inovadora”, segundo refere no seu site.

A segunda aposta deste fundo de co-investimento foi na 360imprimir. Foi no passado mês de maio que foi anunciada a conclusão de uma ronda de investimento de 20,4 milhões de dólares (18 milhões de euros). A ronda de investimento na 360imprimir foi liderada pela LeadX Capital Partners (uma marca da Hospitality Digital GmbH, em Düsseldorf, na Alemanha) e acompanhada pela Omnes Capital (França), Pathena (Portugal) e pelo fundo 200M, que é gerido pela PME Investimentos. Com este financiamento, a empresa pretende entrar em novos mercados, alargar o leque de produtos que tem e apostar mais em tecnologia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Fundo 200M e Seventure Partners investem 2,5 milhões na LiMM Therapeutics