Desporto

Fundo Elliot vai controlar AC Milan e avançar com injeção de 50 milhões

Fundo norte-americano vai controlar o clube italiano AC Milan. Fotografia: REUTERS/Stefano Rellandini
Fundo norte-americano vai controlar o clube italiano AC Milan. Fotografia: REUTERS/Stefano Rellandini

O fundo norte-americano Elliott anunciou que vai controlar o AC Milan e avançar com uma injeção de 50 milhões de euros

O fundo norte-americano Elliott anunciou que vai controlar o AC Milan e avançar com uma injeção de 50 milhões de euros para “estabilizar as finanças” do clube de futebol italiano.

O fundo Elliott assume desta forma o controlo do clube, já que o investidor chinês Li Yonghong não honrou o vencimento da dívida. Li tinha até ao passado dia 06 de julho para pagar 32 milhões de euros ao fundo americano, que emprestara a verba para a compra do AC Milan.

Num comunicado divulgado na noite de terça-feira, o fundo Elliott anunciou que com essta aquisição abre um “novo capítulo para o Milan”.

“A visão do fundo Elliott para o AC Milan é simples: criar estabilidade financeira e gestão sólida, para alcançar o sucesso de longo prazo, concentrando-se nos fundamentos e garantindo que o clube esteja bem capitalizado”, e liderar um modelo de negócio sustentável que respeite os regulamentos de ‘fair play’ financeiro da UEFA”, refere o documento.

O fundo sublinha que tem consciência do “desafio e a responsabilidade que a propriedade desta grande instituição representa”.

Até então propriedade do ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi, o AC Milan foi oficialmente comprado em 13 de abril de 2017, por 740 milhões de euros, por investidores chineses liderados pelo misterioso Li Yonghong.

No lado desportivo, o AC Milan, que gastou 200 milhões de euros para recrutar jogadores no último verão, terminou num dececionante sexto lugar na liga italiana, que foi conquistada pela Juventus.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno

Centeno volta a cativar mais dinheiro

Natalidade. Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens

Despesa com apoios à família é a quinta mais baixa da UE

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Fundo Elliot vai controlar AC Milan e avançar com injeção de 50 milhões