Furacão Leslie vai custar mais de 45 milhões às seguradoras

Em consequência do Furacão Leslie, regista-se, até ao momento, a participação de quase 20.000 sinistros cobertos por apólices de seguros.

O furacão Leslie, que afetou sobretudo a região centro do país, gerou a participação de 20 mil sinistros cobertos pelas seguradoras, correspondendo a um valor global de danos superior a 45 milhões de euros.

Esta é a conclusão do inquérito efetuado pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS) junto das companhias suas associadas acerca dos sinistros relacionados com o furacão que ocorreu há duas semanas.

"Os dados reportados dizem respeito a sinistros já peritados e quantificados. Atendendo ao elevado número de incidências, os trabalhos de peritagem prosseguem no terreno, admitindo-se que estes dados venham a subir na próxima atualização de informação", refere a APS num comunicado divulgado esta terça-feira.

Nos seguros de habitações os prejuízos montam a 19,3 milhões de euros e as perdas nos seguros de atividades comerciais e industriais ascendem 20,8 milhões de euros.

"Relativamente aos veículos com cobertura de danos próprios, mais de 1000 viaturas sofreram danos causados pela tempestade", diz a APS.

Em atualização

 

 

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de