Negócio

Futuro acionista chinês da TAP compra cadeia hoteleira norte-americana

2015-03-31-ParkInnOnitsha

Pequim tem encorajado as empresas do país a investir além-fronteiras, como forma de assegurar matérias-primas e fontes confiáveis de retornos

O grupo chinês HNA, a empresa matriz da companhia aérea Hainan Airlines e futuros acionistas da TAP, vai comprar a cadeia hoteleira norte-americana Carlson Hotels, anunciaram hoje as duas firmas em comunicado.

Os montantes do investimento, o terceiro além-fronteiras anunciado pela HNA nos últimos meses, não foram ainda revelados.

Com sede no Estado do Minnesota, nos EUA, o grupo Carlson detém 1400 hotéis em 115 países e regiões e uma participação de 51,3% no Rezidor Hotel Group, que tem sede em Bruxelas.

Em comunicado, o presidente da HNA Hospitality Group, Bai Haibo, afirmou que a aquisição visa estabelecer a presença do grupo no mercado norte-americano “e reforçar a marca no setor da hospitalidade internacionalmente”.

Em fevereiro passado, a HNA comprou a distribuidora de tecnologia norte-americana Ingram Micro, por 6000 milhões de dólares (5,3 mil milhões de euros), e acordou pagar 1,3 mil milhões de euros pela Gategroup, a segunda maior empresa de ‘catering’ de aviões do mundo.

Segundo um comunicado emitido na altura, o grupo compromete-se a realizar um empréstimo de 120 milhões de euros à companhia aérea brasileira Azul, destinado à compra de obrigações convertíveis da TAP a 10 anos. A empresa assegurará assim 6,4% do direito de voto na TAP e 55% dos benefícios económicos, lê-se na mesma nota.

Pequim tem encorajado as empresas do país a investir além-fronteiras, como forma de assegurar matérias-primas e fontes confiáveis de retornos, face aos sinais de abrandamento na economia doméstica.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. FILIPE FARINHA/LUSA

Marcelo promulga descida do IVA da luz consoante consumos

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

Futuro acionista chinês da TAP compra cadeia hoteleira norte-americana