transportes

Gabinete vai investigar descarrilamento do Alfa em Soure

Composições do comboio Alfa Pendular após ter descarrilado na Linha do Norte, no concelho de Soure, distrito de Coimbra, após colisão com uma máquina de trabalho, afirmou à agência Lusa fonte da Proteção Civil, Soure, Coimbra, 31 de julho de 2020. O embate terá ocorrido na zona de Casalinhos, concelho de Soure e de acordo com a mesma fonte, estão a ser mobilizados para o local 39 veículos com 110 operacionais. PAULO CUNHA / LUSA
Composições do comboio Alfa Pendular após ter descarrilado na Linha do Norte, no concelho de Soure, distrito de Coimbra, após colisão com uma máquina de trabalho, afirmou à agência Lusa fonte da Proteção Civil, Soure, Coimbra, 31 de julho de 2020. O embate terá ocorrido na zona de Casalinhos, concelho de Soure e de acordo com a mesma fonte, estão a ser mobilizados para o local 39 veículos com 110 operacionais. PAULO CUNHA / LUSA

Descarrilamento causou dois mortos e sete feridos graves, acrescentado que todos os feridos já foram retirados das carruagens.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) vai investigar o descarrilamento do Alfa Pendular ocorrido hoje, em Soure, distrito de Coimbra, que causou, pelo menos, dois mortos.

Fonte do GPIAAF disse à agência Lusa que a equipa de investigação já está a caminho do local para dar início às investigações e apurar as circunstâncias em que se deu o acidente.

O comandante distrital da Proteção Civil, Carlos Tavares, disse anteriormente à Lusa que o descarrilamento causou dois mortos e sete feridos graves, acrescentado que todos os feridos já foram retirados das carruagens e transportados para o Hospital de Coimbra.

Segundo o comandante, há ainda 30 feridos ligeiros.

Contactada pela Lusa, a Infraestruturas de Portugal (IP) referiu que os “danos serão avultados”, mas estão dependentes do inquérito do GPIAAF.

A IP acrescentou que nesta fase o importante é o auxílio aos passageiros feridos.

Segundo o ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), estão no local 176 operacionais, apoiados por 69 viaturas e dois meios aéreos.

O comboio seguia no sentido Sul-Norte e o descarrilamento ocorreu após o embate entre o Alfa Pendular e uma máquina de trabalho, tendo o alerta sido dado às 15:30, segundo a ANEPC.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Gabinete vai investigar descarrilamento do Alfa em Soure