Lidl

Lidl enche as prateleiras com produtos dos tempos de infância

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A Semana Retro do Lidl começou a 25 de agosto e quer proporcionar a oportunidade de voltar a experimentar sabores e cheiros de outros tempos

Dos sabonetes Ach. Brito, embrulhados à mão em embalagens com pormenores de acabamentos de lacre, aos doces sabores da infância da Farinha Predilecta, passando pelos sumos Capri Sonne, entre muitos outros. O Lidl quer “proporcionar a oportunidade de viver e saborear memórias muitas vezes esquecidas, num encontro entre tradição e modernidade” e, para isso, vai, durante uma semana, promover uma viagem aos sabores e cheiros da infância, disponibilizando uma série de produtos (ver galeria) em embalagem vintage.

Desde 25 de agosto que a cadeia de supermercados tenta dar resposta à crescente procura e interesse dos consumidores nos produtos vintage e, para tal, resolveu reforçar “a sua aposta nos melhores produtos que Portugal tem para oferecer”.

“Esta é mais uma iniciativa que permite ao Lidl posicionar-se no mercado e fortalecer a sua estratégia de proximidade com os consumidores”, referiu Vanessa Romeu, diretora de comunicação do Lidl Portugal.

A responsável lembra que o Lidl já opera em Portugal há duas décadas, “fazendo parte da vida dos portugueses e partilhando com eles memórias, sabores, cheiros e imagens. É, neste sentido, que apostamos, mais uma vez, no melhor que Portugal tem para oferecer e convidamos os clientes a regressar ao passado com produtos marcantes para várias gerações”.

Na semana Semana Retro, a marca irá disponibilizar um extenso sortido de produtos de marcas repletas de história com embalagem vintage que prometem despertar a memória de várias gerações de portugueses.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Lidl enche as prateleiras com produtos dos tempos de infância