Retalho Alimentar

Auchan investe 17 milhões na nova sede em Paço de Arcos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Projeto estava em construção desde o ano passado, sendo sido instalado junto ao novo hipermercado da empresa na localidade do concelho de Oeiras.

Mais de 7 mil metros quadrados, com capacidade para acolher 500 postos de trabalho fixos são os números da nova sede da Auchan Retail, em Paço de Arcos. O retalhista investiu 17 milhões de euros na nova sede que abriu portas no mesmo dia em que o Governo anunciou as restrições com que o país vai funcionar a partir de 15 de setembro por causa da pandemia do covid-19.

“Com esta nova sede quisemos espelhar os valores da Auchan Retail Portugal. É um edifício aberto às equipas dos serviços de apoio, das lojas e à comunidade. Quisemos criar, aqui, um ambiente Bom, São e Local, que potencie a excelência de performance das nossas equipas e responda à confiança que depositamos nos nossos colaboradores, pondo à sua disposição diferentes tipologias de zonas e tecnologias de trabalho, e um conjunto de equipamentos e espaços de lazer que promovam o seu bem estar”, destacou Pedro Cid, CEO da Auchan Retail Portugal, citado em nota de imprensa.

O projeto estava em construção desde o ano passado, sendo sido instalado junto ao novo hipermercado da empresa na localidade do concelho de Oeiras.

Com 7.500 m2 de superfície, distribuídos por três pisos, o espaço acolhe 500 postos de trabalho fixos e mais de 100 postos flexíveis.

“O espaço procura promover a colaboração e a criatividade, com um modelo global de open space híbrido, que contempla um conjunto de áreas informais e zonas alternativas de trabalho. A disposição circular do edifício e a sua baixa altura permite uma maior proximidade entre as equipas, que estão estrategicamente distribuídas por afinidade de funções. Já as diferentes áreas de trabalho estão organizadas por bairros, de forma a refletir a organização territorial da empresa em Portugal por zonas de vida”, descreve a empresa.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

dgs covid portugal coronavirus

Mais cinco mortos e 463 infetados por covid-19 em Portugal

Auchan investe 17 milhões na nova sede em Paço de Arcos