Tecnologia

As apps para encontrar gasolina e gasóleo mais baratos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Uma das tarefas que mais custa a qualquer condutor é a parte do pagamento na altura de abastecer o veículo com combustível.

Há várias opções disponíveis nas lojas de aplicações da Google e da App Store. Os nomes são variados mas o intuito final é quase sempre o mesmo: conseguir disponibilizar ao utilizador informação atualizada sobre os preços dos combustíveis e que, de preferência, estejam o mais perto possível do utilizador.

Leia também | As melhores aplicações de GPS para ter no smartphone

A TuGas, a VivaGas ou a Fuelio permitem ativar a sua localização e perceber onde estão as maiores variações de preço. Depois disso, é uma questão de fazer as contas ao caminho que tem de percorrer até à bomba de gasolina – se compensa abastecer por lá ou não.

Além disso, estas opções permitem ainda ver estatísticas, para que perceba de que forma é que os preços variam ao longo do tempo.

Leia também | Dia Mundial da Poupança: 9 aplicações para poupar dinheiro

O segredo para a poupança passa por conhecer também a quantidade de quilómetros que percorre com determinada quantidade de combustível – assim pode avaliar os seus gastos mensais. Para isso, a Drivvo também dá uma ajuda, ao registar todos os dados ligados aos consumos do seu carro.

Vale a pena ter em conta estas aplicações para poupar, já que esta semana os combustíveis voltaram a subir.

Percorra a galeria de imagens (ou clique aqui) para conhecer estas aplicações.

Veja mais sobre tecnologia em insider.dn.pt

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
As apps para encontrar gasolina e gasóleo mais baratos