Habitação

Estas micro-casas não custam mais de 12 mil euros

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

São feitas de tubos de cimento e foram criadas para Hong Kong. Mas podem ser exportadas para qualquer parte do mundo

Primeiro um hotel numa das cidades mais populosas do mundo, agora um novo modelo de habitação que promete ajudar a resolver, de forma económica, o problema habitacional que o crescimento da população já está a gerar em algumas partes do mundo.

As Opod Tube Houses são micro-casas feitas a partir de tubos de cimento que não têm mais de 2,5 metros de diâmetro e custam 12 mil euros. Foram desenhadas pelo atelier de James Law Cybertecture para resolver a escassez habitacional de Hong Kong mas podem ser utilizadas em qualquer parte do mundo. Em 2011, já foram utilizadas num hotel, junto à Cidade do México, uma das mais populadas do mundo.

Cada secção de tubo tem 9,29 metros quadrados, um sofá-cama e espaço de arrumação. É-lhe acrescentado um segundo tubo onde está uma kitchenette, casa de banho e chuveiro.

O atelier responsável por esta solução acredita que as Opod podem ser colocadas nas cidades, em espaços insuficientes para construir um prédio, como pequenas ruelas e, além de uma opção de habitação permanente mais económica, podem tornar-se uma alternativa para acomodação de turistas ou pessoas ainda à procura de uma habitação mais duradoura.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Usados-carros-dicas-26d88f95262fb04408cf1721d918f6efc0da028d

São feitos quase 600 créditos por dia para comprar carro

Rendas da energia pesam 80 euros na conta da luz em 2018

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

CML admite comprar 11 prédios da Segurança Social

Outros conteúdos GMG
Estas micro-casas não custam mais de 12 mil euros