Google faz 20 anos

Google faz 20 anos: de um ‘simples’ motor de busca a gigante tecnológico

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O Google (motor de busca) comemora hoje 20 anos. Inicialmente, a pesquisa era o centro de negócio mas a criação rapidamente ganhou outras dimensões.

Em 1998, quando a Google se tornou numa empresa ‘à séria’, graças a um generoso cheque de cem mil dólares, dado por Andy Bechtolsheim, o motor de pesquisa ainda tinha o caricato nome de ‘Backrub’.

Quando os estudantes de Standford Page e Brin repararam que o cheque dizia Google Inc, mudaram de ideias. Nos início do início da Internet, a missão do Google era ambiciosa: apresentar resultados de forma hierarquizada, onde os primeiros resultados fossem de fontes de maior confiança ou reputação.

Leia também | Como a Google está a treinar duas startups portuguesas para serem negócios de milhões

Passados vinte anos, todos usamos o Google e em várias plataformas – no computador, nos smartphones… Tanto que a expressão ‘googlar’ já se popularizou na experiência de qualquer pessoa. O Google enquanto motor de busca tanto serve para pesquisar quanto para tira-teimas de discussões entre amigos.

Nestes vinte anos, pesquisar no Google já não se faz apenas em frente ao computador – o simples ato de ditar algo que se quer pesquisar também já é uma arma do dia-a-dia.

Ao longo dos anos, o Google cresceu, multiplicou negócio e passou até para a alçada de uma holding, a Alphabet, onde se inserem tantas outras empresas do universo da Internet.

Percorra a galeria de imagens para ver vinte marcos da evolução da Google enquanto empresa – e pensar que tudo começou numa garagem.

Veja mais sobre tecnologia em insider.dn.pt

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, Ana Avoila. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Frente Comum diz que é “inaceitável” negociar salários depois do orçamento

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos. MÁRIO CRUZ/LUSA

CGTP apela ao PM para negociar salários no Estado antes do Orçamento

Google faz 20 anos: de um ‘simples’ motor de busca a gigante tecnológico