Automóvel

VW. Protótipo elétrico entra em produção em 2020

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Este protótipo conta com um motor elétrico de 167 cavalos e poderá ter uma autonomia entre os 400 e os 600 quilómetros

A Volkswagen revelou esta quarta-feira as primeiras imagens do I.D. Este é o protótipo de um carro elétrico que vai entrar em produção em 2020 e que mostra a visão do grupo automóvel alemão para o futuro. As imagens foram apresentadas na véspera da abertura do Salão Automóvel de Paris.

Construído sobre a plataforma modular MEB, este protótipo conta com um motor elétrico de 167 cavalos e poderá ter uma autonomia entre os 400 e os 600 quilómetros com uma só carga de bateria.

Leia aqui: Acordo de Empresa na Renault Cacia garante investimento de 150 milhões

A Volkswagen não esqueceu a condução autónoma. O I.D. Pilot vai ser a versão com o volante retrátil e que vai permitir ao condutor sentar-se confortavelmente enquanto o sistema conduz o automóvel. Mas esta função não estará disponível antes de 2025.

Esta é a segunda amostra elétrica da Volkswagen desde o início do ano. Na feira de tecnologia CES, o grupo alemão apresentou uma espécie de reencarnação do Microbus, a célebre “pão de forma”.

O gigante automóvel alemão estabeleceu como meta vender um milhão de automóveis elétricos em 2025. Atualmente circulam 100 mil carros da Volkswagen com este motor. O grupo Volkswagen acelerou os planos de eletrificação na sequência da fraude de 11 milhões de automóveis a gasóleo.

A empresa já garantiu que vai reparar todos os carros afetados na Europa até ao final de 2017.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
VW. Protótipo elétrico entra em produção em 2020