Energia

Galp em mais uma lista das mais sustentáveis do mundo

Empresa ocupa 16ª lugar no Global 100 Most Sustainable Corporations in the World, da canadiana Corporate Knights. É a única portuguesa na lista.

A Galp Energia entrou para mais uma lista das empresas mais sustentáveis do mundo e desta vez é mesmo a única companhia portuguesa a figurar no ranking.

A empresa divulgou esta quinta-feira que está no 16ª lugar do Global 100 Most Sustainable Corporations in the World, uma lista elaborada pela consultora canadiana Corporate Knights que, como o nome indica, engloba um total de 100 empresas de todas as áreas e de todo o mundo.

Ao ocupar a 16ª posição, a Galp surge como a primeira companhia de petróleo e gás, uma área de negócio que apenas conta com sete empresas neste ranking. Além disso, diz a empresa em comunicado, “desde 2013, escalou 40 posições no ranking absoluto, tendo este ano atingido o melhor resultado de sempre”.

A liderar o Global 100 Most Sustainable Corporations in the World surge a fabricante de automóveis alemã BMW, a empresa de sofware francesa Dassault e a construtora finladesa Outotec.

Veja aqui o ranking todo.

No total, há empresas de 21 países que, a 1 de outubro de 2015, tinham cotações bolsistas superiores a dois mil milhões de dólares, repara a Galp, acrescentando ainda que “as empresas qualificadas são pontuadas a partir de uma lista de 12 indicadores-chave de desempenho que vão desde a forma como utilizam a energia e a água, até à compensação dos colaboradores e à estratégia fiscal corporativa”.

A companhia portuguesa está também presente noutros índices de sustentabilidade como é o caso do Dow Jones Sustainability Index (desde 2012), no FTSE4Good Index Series (desde 2014) e no Climate Disclosure Leadership Index, que é compilado pela PricewaterhouseCoopers (desde 2012).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

António Costa Silva
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Costa Silva defende retoma da alta velocidade e novo aeroporto

Galp em mais uma lista das mais sustentáveis do mundo