Glintt

Glintt anuncia substituição do presidente da comissão executiva

Glintt
Glintt

O administrador e presidente da comissão executiva da Glintt, Manuel Mira Godinho, decidiu abandonar o cargo, sendo substituído por Nuno Vieira Lopes, anunciou hoje a empresa de tecnologias de informação.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Glintt informa que Manuel Mira Godinho “apresentou nesta data a sua renúncia ao cargo de administrador e presidente da comissão executiva, com efeitos a partir de 31 de maio de 2015”.

A empresa indica também que o conselho de administração, numa reunião hoje realizada, decidiu cooptar Nuno Vieira Lopes para membro deste órgão social, até ao final do mandato 2014-2016.

Com efeitos a partir de 1 de junho de 2015, Nuno Vieira Lopes foi também designado como presidente da comissão executiva da Glintt, empresa que nasceu da fusão entre a ParaRede e a Consiste, em 2008.

De acordo com o currículo do novo presidente da comissão executiva, divulgado também aos mercados, a carreira profissional de Nuno Vieira Lopes, formado em ciências farmacêuticas, está desde sempre ligada ao setor das farmácias e à sua gestão. Desde 2013, Vieira Lopes é também vice-presidente da direção da Associação Nacional das Farmácias.

A atividade da Glintt divide-se atualmente em várias áreas de negócios, sendo a Glintt Farma uma das principais, indica o ‘site’ da empresa. A Glintt Farma está especializada em produtos tecnológicos para a área da saúde, especialmente para as farmácias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro critânico, Boris Johnson, (E) recebe a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen (D) no n.º 10 de Downing Street em Londres.  EPA/ANDY RAIN

Empresas portuguesas têm curso online sobre o brexit

Ilustração: Vítor Higgs

Espanhóis e chineses na corrida para entrar no capital do EuroBic

Procurador-Geral da República de Angola, Hélder Pitta Grós (EPA/MARIO CRUZ)

PGR angolano afasta mais arguidos portugueses no caso Isabel dos Santos

Glintt anuncia substituição do presidente da comissão executiva