Glovo vai fazer entregas ultrarrápidas de seis lojas C&A em Portugal

Lisboa, Cascais, Almada, Porto e Gaia são para já as cidades portuguesas com lojas da C&A que terão entregas da Glovo, em até 30 minutos, dos têxteis da marca.

A moda já chegou à Glovo - sim, falamos de roupa e de acessórios. A empresa espanhola especializada em entregas rápidas de produtos em casa - principalmente refeições e compras de supermercados - chegou a acordo com a C&A para fazer entregas ultrarrápidas, em até 30 minutos, do setor têxtil.

Segundo o jornal Expansión, o acordo inclui Portugal e Espanha, em 16 das lojas da marca de roupa que irão preparar os pedidos dos clientes para que sejam depois entregues pelos estafetas da Glovo em 13 cidades portuguesas e espanholas.

Por cá, este serviço deverá estar disponível, segundo a mesma fonte, nas lojas de Colombo (Lisboa), Vasco da Gama (Lisboa), Cascaishopping (Cascais), Almada Forum (Almada), Santa Catarina (Porto)​​​​​​ e Gaiashopping (Vila Nova de Gaia).

Em Espanha, são dez as lojas que, para já, terão este serviço disponível: Mataró Parc (Mataró), Bravo Murillo (Madrid), Los Patios (Málaga), Nuevo Centro (Valencia), Plaza Joan Carles I (Palma de Maiorca), Pelayo (Barcelona), Parquesur (leganés), Islazul (Madrid), Avenida de Independencia (Zaragoza) e Tetuán (Sevilha).

Estas lojas irão disponibilizar cerca de 500 artigos para entregas em até 30 minutos, das secções infantil, mulher e homem.

"Para a C&A este acordo é um importante avanço na nossa estratégia de oferecer aos clientes diferentes canais para fazerem as suas compras, com o valor acrescentado de que agora poderão receber e desfrutar do seu pedido numa questão de minutos", assinalou Domingos Esteves, diretor-geral da C&A em Espanha e Portugal. "A moda é também uma prioridade para muitas pessoas e por isso devemos atendê-los como tal."

Já o diretor-geral da Glovo, Diego Nouet Delgado, explica que "esta aliança estratégica representa um marco para a empresa, que leva agora as entregas ultrarrápidas ao setor da moda".

No dia 14 de setembro, a Glovo já havia anunciado ter chegado a acordo para a aquisição da portuguesa Mercadão e da rival espanhola Lola Market, ambas plataformas online que ligam os supermercados, comércio local e lojas tradicionais aos clientes.

Em maio, a Glovo anunciou que iria abrir em três meses 16 armazéns urbanos SuperGlovo em Portugal, um deles no Porto, que se seguiriam ao já existente há um ano em Lisboa. Estes mini-armazéns dentro das cidades incluem um supermercado virtual de conveniência, com entregas em menos de 30 minutos. "Portugal é um mercado-chave para a expansão do Q-commerce", disse na ocasião Ricardo Batista, country manager da Glovo em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de