Governo assina contrato de venda da ANA

O Governo assina amanhã o contrato promessa de compra e venda da ANA – Aeroportos de Portugal com a Vinci. A empresa francesa foi a vencedora do concorrido processo de privatização, tendo oferecido 3.080 milhões de euros pela gestora de todos os aeroportos portugueses.

Amanhã o Governo receberá, assim, um sinal de 100 milhões de euros e ainda as garantias bancárias que atestam que a Vinci tem capacidade para pagar o restante valor. Sem estas garantias bancárias o negócio não se concretizaria, tal como aconteceu no caso da privatização da TAP.

O resto do dinheiro só será pago perto do verão quando a venda ficar definitivamente fechada. Até lá há que esperar pela aprovação do negócio por parte da autoridade da concorrência europeia que estará já a analisar a operação.

A assinatura decorre às 15h30 no salão nobre
do ministério das Finanças, e contará com a presença do
ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, o ministro de Estado e dos Negócios
Estrangeiros, Paulo Portas, o ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, e ainda o presidente da Vinci
Airports, Nicolas Notebaert, o CEO da Vinci Concessions, Louis-Roch Burgard e ainda os presidentes da Parpública, Joaquim Jorge, e
da ANA, Jorge Ponce Leão.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(DR)

Crédito ao consumo dispara 15% em outubro

(Paulo Spranger/Global Imagem)

Indemnizações pagas pelo Fundo de Garantia Salarial não escapam ao IRS

CP tem de entregar contrato de serviço público com o Estado até 31 de dezembro. (Leonardo Negrão / Global Imagens)

CP: Adiamento de manutenção de comboios regionais vale demissão

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Governo assina contrato de venda da ANA