Governo autoriza Galp a vender redes de gás à Allianz

A Allianz passa a deter 75% da Galp Gás Natural Distribuição.

A Galp recebeu autorização do Estado para vender as concessões e licenças das suas nove distribuidoras de gás à Allianz Capital Partners, avança o jornal Público na edição de quinta-feira.

A Allianz passa a deter 75% da Galp Gás Natural Distribuição.

A Comissão Europeia já tinha dado luz verde ao negócio, que transforma a gestora de ativos do grupo Allianz no maior operador de distribuição de gás do país.

Foi em outubro de 2020 que a Galp anunciou a venda de 75,01% do capital da Galp Gás Natural Distribuição (GGND), por 368 milhões de euros, à ACP.

O negócio integra nove empresas com concessões e licenças de distribuição e comercialização de gás natural, com redes que servem a maioria dos cerca de 1,5 milhões de clientes de gás natural do país.

"Sim, o Estado já autorizou", confirmou o Ministério do Ambiente e da Acção Climática (MAAC) ao Público.

A Galp ficará com uma posição de 2,49% na empresa e os restantes 22,5% permanecerão com os japoneses da Marubeni Corporation e Toho Gas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de