Governo chega a acordo para manter sucursal da CGD em França

Banco público continuará a manter a operação de retalho em França.

O Governo chegou a acordo com a Comissão Europeia sobre o Plano Estratégico 2017-2020 da Caixa Geral de Depósitos (CGD), incluindo o papel da sucursal em França. O plano, aprovado em 2016, foi atualizado com vista a reforçar a rentabilidade da CGD sob as condições de mercado atuais, anunciou o Ministério das Finanças, esta quinta-feira.

A atualização revê a meta de redução do crédito mal parado, tendo em conta o bom desempenho recente e "reconhece a sucursal francesa como atividade relevante para a operação do grupo CGD", refere o gabinete em comunicado, afirmando que a Caixa manterá a operação de retalho em França.

A sucursal do grupo é o maior banco português em terras francesas e conta com 48 agências e mais de 500 trabalhadores.

A redução da operação da CGD fora de Portugal (nomeadamente Espanha, França, África do Sul e Brasil) foi acordada em 2017 com a Comissão Europeia como contrapartida da recapitalização do banco público.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de