Açores

Governo dos Açores concede aval a açucareira Sinaga de 1,75 ME

D.R.
D.R.

O Governo dos Açores autorizou um aval de 1,75 milhões de euros à açucareira Sinaga, de acordo com uma resolução publicada em Jornal Oficial.

O Conselho do Governo dos Açores autorizou um aval de 1,75 milhões de euros à açucareira Sinaga, de acordo com uma resolução publicada esta sexta-feira em Jornal Oficial.

A resolução, aprovada a 27 de setembro, refere que “o atual processo de reorganização financeira” na Sinaga prevê a reestruturação do seu passivo, sendo que esta “conduz a uma redução dos encargos financeiros por via de um decréscimo de ‘spread’”.

Acresce que esta oportunidade de reestruturação de financiamento não implica aumento do endividamento líquido, lê-se na resolução que autoriza a concessão do aval.

Em novembro do ano passado, o secretário regional da Agricultura e Florestas dos Açores, João Ponte, anunciou que uma solução para a empresa açucareira Sinaga, na ilha de São Miguel, seria conhecida dentro de seis meses.

Ao falar no parlamento regional, João Ponte considerou que “manter a situação atual não é sustentável, nem é possível”, garantindo que o executivo regional estava “pronto e disponível para ser parte da solução” do futuro da empresa que, tendo sustentabilidade, “não pode ficar assente apenas na componente pública”.

A empresa, adquirida pelo Governo dos Açores, tinha, no fecho de contas de 2015, um passivo na ordem dos 25 milhões de euros, sendo que 20 milhões reportavam-se ao passivo bancário.

Este mês, o secretário regional deverá reunir-se com os trabalhadores da empresa, cerca de 70.

Segundo uma nota de imprensa do executivo regional de agosto último, João Ponte quer revelar nesse encontro, “em primeira mão, qual será o futuro da açucareira”, uma solução que passa “pela manutenção e não pelo fim da empresa”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Empresas já podem candidatar-se ao novo lay-off

App TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

Governo dos Açores concede aval a açucareira Sinaga de 1,75 ME