segurança

Governo vai reforçar capacidade operacional do SIRESP

SIRESP 
( Nuno Fox / Global Imagens )
SIRESP ( Nuno Fox / Global Imagens )

O Governo promoveu a alteração ao contrato SIRESP de forma a garantir a redundância da rede de suporte à atividade operacional.

O Governo decidiu adotar medidas de reforço da capacidade operacional do sistema de comunicações de emergência (SIRESP), nomeadamente no que toca à dotação de procedimentos e mecanismos de redundância.

Dada a urgência da implementação das novas medidas e para dar resposta aos constrangimentos identificados em 2017, o Governo promoveu a alteração ao contrato SIRESP.

“Foi prioridade do Governo dotar a Rede SIRESP de procedimentos e mecanismos de redundância, não previstos no contrato em vigor, designadamente no âmbito da rede de transmissão (interligação entre as estações base e os comutadores) e de energia, tornando-a mais resistente a falhas decorrentes de situações de emergência e catástrofe”, informam esta quarta-feira os Ministérios das Finanças e da Administração Interna, em comunicado.

Os ministérios adiantam ainda que a alteração contratual não teve qualquer impacto financeiro.

Tendo sido notificado pelo Tribunal de Contas da recusa de visto ao aditamento ao contrato SIRESP, a entidade gestora vai recorrer do acórdão.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Kevin Coombs)

Acordo para o brexit com pouco impacto para Portugal

Manifestante contra o Brexit junto ao Parlamento britânico. (REUTERS/Hannah Mckay )

P&R. O que acontece com o acordo do Brexit?

Britain's Prime Minister Boris Johnson reacts as he gives a closing speech at the Conservative Party annual conference in Manchester, Britain, October 2, 2019.  REUTERS/Phil Noble - RC1B2A606800

Boris Johnson diz a deputados que é “urgente” aprovação de novo acordo

Outros conteúdos GMG
Governo vai reforçar capacidade operacional do SIRESP