Encontros 560

Gran Cruz: O vinho do Porto já não é uma bebida para os mais velhos

Lisboa, 31/5/2017 - Jorge Dias no salão nobre do Ministério da Economia, faz  a sua intervenção pela empresa Gran Cruz convidada dos  "Encontros 560". Os '"Encontros 560" têm como objetivo dar a conhecer os produtos e serviços das empresas portuguesas e realizam-se semanalmente no Ministério da Economia, com um orador e uma empresa convidada por sessão.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Lisboa, 31/5/2017 - Jorge Dias no salão nobre do Ministério da Economia, faz a sua intervenção pela empresa Gran Cruz convidada dos "Encontros 560". Os '"Encontros 560" têm como objetivo dar a conhecer os produtos e serviços das empresas portuguesas e realizam-se semanalmente no Ministério da Economia, com um orador e uma empresa convidada por sessão. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

É um produto com centenas de anos, mas nem por isso perdeu a capacidade de inovar e de se reinventar

O vinho do Porto já não é só para os mais velhos e pode muito bem ser o novo cálice da juventude. Quem o diz é Jorge Dias, diretor-geral da Gran Cruz, a maior exportadora de vinho do Porto do mundo e cuja palavra de ordem é só uma: inovar, inovar e inovar.

Reposicionar uma marca centenária no mercado competitivo e globalizado de hoje, não é tarefa fácil, como a Gran Cruz mostrou nos Encontros 560 desta semana, no Ministério da Economia, com parceria do Dinheiro Vivo. O aumento da competitividade no mercado dos vinhos licorosos obrigou as marcas nacionais a mudar de estratégia. Que o diga a Gran Cruz, que desde o ano 2000 tenta reverter a tendência do setor – que tem vindo a registar perdas significativas em volume e em valor.
“Em 2000 atingimos cerca de 10 milhões de caixas de nove litros e agora estamos a cerca de 8 milhões – uma quebra de 19%”, revela Jorge Dias.

No entanto, o que persiste no setor não é apenas a queda do consumo. Os mitos persistem e foi para os combater que Jorge Dias abriu o Espaço Porto Cruz em 2012, em Vila Nova de Gaia – um espaço de lazer destinado a atrair a atenção do público mais jovem e que oferece uma nova perspetiva sobre a bebida nacional. O objetivo? “Mostrar que o vinho do Porto não é uma bebida de velhos”, diz o diretor-geral da marca.

Doces com sabor a Porto

A estratégia de inovação da Gran Cruz não acaba aqui e, já no próximo mês, a marca vai alargar o sabor do vinho do Porto aos chocolates e aos gelados. O grupo vai ainda abrir, no início do próximo verão e em plena Ribeira do Porto, do lado de Gaia, o espaço Porto Cruz Guest House.

Este espaço, diz Jorge Dias, vai ser “uma unidade hoteleira temática, de charme e com uma oferta mais diferenciada a nível da restauração”. A Porto Cruz Guest House irá desafiar os visitantes a saborearem novos produtos, com vinho do Porto, confecionados pelo chef Miguel Castro e Silva.

Outra das estratégias da empresa para se adaptar à realidade do mercado passa pela especial atenção que dá à embalagem, ao marketing e à comunicação, investindo anualmente 10% do negócio em produção da marca e 30% em ações nas grandes superfícies.

Exemplo disso é o Porto Cruz Pink, um vinho do Porto dirigido a um público mais jovem que a marca lançou em 2009, e que a fez conquistar 70% da quota de mercado na categoria de vinho do Porto Rosé.
Combater a geracional e desconstruir os tabus associados ao vinho do Porto é agora o grande objetivo da Gran Cruz . Este mês há mais sabor a vinho do Porto nos chocolates e no verão chegam os gelados de Porto, em parceria com uma geladaria local, o que leva Jorge Dias a ter a expectativa de que o projeto Porto Cruz Guest House reinvente ainda mais esta bebida portuguesa que tanto “alimenta a alma”, diz.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Turismo vale 16% da atividade económica portuguesa

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Défice público cai 59% até ao final de outubro

Marco Schroeder

Marco Schroeder renuncia a cargo de CEO da Oi

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Gran Cruz: O vinho do Porto já não é uma bebida para os mais velhos