Distribuição

Grupo ALDI começa a marcar presença a Norte

ALDI. D.R.
ALDI. D.R.

Os supermercados alemães ALDI iniciaram a sua expansão a Norte, com a abertura das três primeiras lojas.

O grupo ALDI, uma multinacional alemã de cadeias de supermercados começou a expandir o seu negócio para o Norte do país, e com a inauguração das três primeiras lojas, duas na área do Grande Porto, terminará o ano com um total de 57 lojas em todo o país, e com “um plano de expansão ambicioso e acreditamos ser possível inaugurar um número considerável de lojas novas em 2018. Chegar às cidades onde ainda não estamos presentes”, refere a empresa, sem adiantar números.

O grupo, de origem alemã, está em Portugal desde 2006 com lojas desde o Algarve até ao Porto, conta com mais de 1100 colaboradores no país, “e estando a ALDI em expansão, a tendência será de aumento do número de funcionários. Em termos médios, com uma abertura de loja criamos 10 postos de trabalho diretos”, adianta a empresa.

Acrescentando que, “nos próximos três anos, acreditamos que será possível criar mais de 300 postos de trabalho diretos, e para o preenchimento destas vagas, pretendemos atrair os melhores talentos”.

O grupo alemão salienta ainda que “com o conceito e com o aumento da oferta de frescos e produtos saudáveis pretendemos corresponder, às expectativas da sociedade, oferecendo opções de consumo consciente através de produtos produzidos de forma sustentável e com menor impacto ambiental.
Será nestes segmentos que vemos o futuro da marca ALDI em Portugal, querendo responder, desta forma, às novas exigências do mercado”.

Diferenças

Tendo em conta a existência de diversas cadeias de distribuição em Portugal, o Dinheiro Vivo quis saber o que diferencia este grupo dos restantes. Os responsáveis pela ALDI frisam que foram “pioneiros no ‘discount alimentar’ e desde sempre, concentramo-nos na oferta de bens alimentares e não alimentares essenciais para o dia-a-dia, sempre com o compromisso ‘qualidade máxima – preço mínimo’”.

Referem também que os produtos que vendem “são quase exclusivamente produzidos para o grupo empresarial ALDI Nord – são as nossas marcas próprias. Acreditamos que estas marcas próprias são essenciais na concretização do nosso compromisso, na medida em que nos permitem definir as nossas exigências e influenciar positivamente a cadeia de abastecimento”.

O grupo ALDI surgiu no século passado na Alemanha, em Essen, e pertence à família Albrecht. A primeira pedra foi colocada em 1913: de um pequeno negócio inicial em Essen-Schonnebeck (Alemanha) evoluíram para o grupo empresarial ALDI Nord, que está representado num total de nove países europeus: Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo, Polónia e Portugal.
Adicionalmente contam com um escritório em Hong Kong, com especial enfoque na implementação de normas de responsabilidade corporativa na cadeia de abastecimento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

Patrões esperam que motoristas cumpram 9,5 horas durante a greve

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Outros conteúdos GMG
Grupo ALDI começa a marcar presença a Norte