Distribuição

Grupo ALDI começa a marcar presença a Norte

ALDI. D.R.
ALDI. D.R.

Os supermercados alemães ALDI iniciaram a sua expansão a Norte, com a abertura das três primeiras lojas.

O grupo ALDI, uma multinacional alemã de cadeias de supermercados começou a expandir o seu negócio para o Norte do país, e com a inauguração das três primeiras lojas, duas na área do Grande Porto, terminará o ano com um total de 57 lojas em todo o país, e com “um plano de expansão ambicioso e acreditamos ser possível inaugurar um número considerável de lojas novas em 2018. Chegar às cidades onde ainda não estamos presentes”, refere a empresa, sem adiantar números.

O grupo, de origem alemã, está em Portugal desde 2006 com lojas desde o Algarve até ao Porto, conta com mais de 1100 colaboradores no país, “e estando a ALDI em expansão, a tendência será de aumento do número de funcionários. Em termos médios, com uma abertura de loja criamos 10 postos de trabalho diretos”, adianta a empresa.

Acrescentando que, “nos próximos três anos, acreditamos que será possível criar mais de 300 postos de trabalho diretos, e para o preenchimento destas vagas, pretendemos atrair os melhores talentos”.

O grupo alemão salienta ainda que “com o conceito e com o aumento da oferta de frescos e produtos saudáveis pretendemos corresponder, às expectativas da sociedade, oferecendo opções de consumo consciente através de produtos produzidos de forma sustentável e com menor impacto ambiental.
Será nestes segmentos que vemos o futuro da marca ALDI em Portugal, querendo responder, desta forma, às novas exigências do mercado”.

Diferenças

Tendo em conta a existência de diversas cadeias de distribuição em Portugal, o Dinheiro Vivo quis saber o que diferencia este grupo dos restantes. Os responsáveis pela ALDI frisam que foram “pioneiros no ‘discount alimentar’ e desde sempre, concentramo-nos na oferta de bens alimentares e não alimentares essenciais para o dia-a-dia, sempre com o compromisso ‘qualidade máxima – preço mínimo’”.

Referem também que os produtos que vendem “são quase exclusivamente produzidos para o grupo empresarial ALDI Nord – são as nossas marcas próprias. Acreditamos que estas marcas próprias são essenciais na concretização do nosso compromisso, na medida em que nos permitem definir as nossas exigências e influenciar positivamente a cadeia de abastecimento”.

O grupo ALDI surgiu no século passado na Alemanha, em Essen, e pertence à família Albrecht. A primeira pedra foi colocada em 1913: de um pequeno negócio inicial em Essen-Schonnebeck (Alemanha) evoluíram para o grupo empresarial ALDI Nord, que está representado num total de nove países europeus: Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo, Polónia e Portugal.
Adicionalmente contam com um escritório em Hong Kong, com especial enfoque na implementação de normas de responsabilidade corporativa na cadeia de abastecimento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

Grupo ALDI começa a marcar presença a Norte